Caminhoneira é morta com dois tiros em Vicente de Carvalho

A expectativa é a de que na memória do aparelho da vítima conste eventual pista do criminoso

07/12/2017 - 20:34 - Atualizado em 07/12/2017 - 20:39

Assassinato ocorreu na Rua do Adubo
(Foto: Carlos Nogueira/AT)

A caminhoneira Cláudia da Silva Cordeiro, de 48 anos, foi morta com dois tiros, às 2h30 desta quinta-feira (07), no Jardim Boa Esperança, em Vicente de Carvalho.

Uma equipe de resgate do Corpo de Bombeiros chegou a levar a vítima ao Pronto Atendimento Médico (PAM) Rodoviária, mas ela faleceu logo após dar entrada.

O celular da mulher foi apreendido e será periciado. A expectativa é a de que na memória do aparelho conste eventual pista do criminoso. Policiais do 1º DP de Guarujá investigam o caso.

O homicídio aconteceu na Rua Idalino Pinez, mais conhecida por Rua do Adubo, próximo à residência de Cláudia. Ela foi atingida por disparos no tórax e no braço direito.

Em outubro, a caminhoneiro foi acusada de agredir um borracheiro, com o qual já manteve conturbado relacionamento amoroso. Esse homem mora perto do local do assassinato e é averiguado.

O casal já estava separado. No ano passado, o borracheiro foi acusado de agredir Cláudia duas vezes, em junho e novembro. Na segunda agressão, ele foi autuado em flagrante e recolhido à cadeia, porque não pagou fiança de R$ 1 mil. 

Veja Mais