Câmera registra furto a publicitária santista

Crime aconteceu na tarde da última sexta-feira, em lanchonete no Itaim Bibi, em São Paulo

02/10/2017 - 20:25 - Atualizado em 02/10/2017 - 20:31


Foram menos de cinco minutos de distração em família para um furto acontecer e gerar uma dor de cabeça que já dura quatro dias. O caso aconteceu com uma publicitária de Santos, alvo de criminosos, na última sexta-feira (29), em uma lanchonete no bairro Itaim Bibi, em São Paulo.

A audácia do casal responsável por levar a bolsa da vítima foi registrada em vídeo, cedido pelo estabelecimento com o objetivo de ajudar nas investigações.

As imagens mostram a dupla atrás da mesa em que a publicitária, os dois filhos e a mãe estão sentados. Uma das crianças havia acabado de realizar exames médicos e, antes de retornarem a Santos, foram à lanchonete. 

O local em que estavam sentados, no segundo andar do estabelecimento, ficava próximo à escada, onde a infratora se posicionou para pegar a bolsa e fugir. 

A ação, porém, só foi possível graças a participação de um comparsa, que aparece segurando um jornal e verifica se alguém os observava. Bastou um sinal do homem para a mulher, delicadamente, pegar o pertence da vítima e desaparecer.

A publicitária conta que a bolsa esteve a todo instante diante de seus olhos, pendurada na cadeira do filho, mas que resolveu pegar o celular para tirar uma foto e a mudou de posição, colocando-a atrás de suas costas.

"É isso que me causa revolta. Foi tudo muito rápido. Já estávamos arrumando as coisas na mesa para ir embora e peguei o celular para tirar uma foto. Nesse momento, eles levaram a bolsa", diz. 

Foi a mãe da vítima quem deu falta do pertence, que tinha em seu interior: um Ipad, Ipod, chave do carro, de casa, documento original do veículo, RG dela e dos filhos, carteirinha do plano de saúde, guias médicas, a senha para retirada do exame e R$ 50,00.

"Assim que ela (mãe) perguntou da bolsa, eu não tive duvidas (de que tinha sido furtada). Levantei e fui correndo para porta dizendo que tinham roubado a minha bolsa. (O estabelecimento) fica em um cruzamento, onde procurei, mas não encontrei ninguém". 

R$ 50,00

A vítima diz que é revoltante ter toda a dor de cabeça por conta de  R$ 50,00. "Os tablets e cartões nós bloqueamos e nada podem fazer (o casal)". No entanto, ela e os filhos precisaram refazer os documentos e, no dia do ocorrido, o marido se deslocou à Capital para levar a chave reserva do carro, que estava em um estacionamento. 

Apesar de ter registrado um Boletim de Ocorrência, a publicitária não acredita que terá os bens levados de volta, mas deseja que a imagem dos criminosos seja divulgada para que não realizem novas infrações. 

Informações

A publicitária resolveu criar um e-mail para receber possíveis informações sobre dupla de criminosos. A ideia dela é ajudar nas investigações policiais. O contato é: denuncie.ssp@gmail.com

Veja Mais