Cabo do Exército é acusado de ser integrante de quadrilha que roubou residência

O roubo aconteceu na manhã do dia 29 de dezembro do ano passado no bairro Catiapoã

12/01/2018 - 20:26 - Atualizado em 12/01/2018 - 20:33

Roupa utilizada pelo cabo no dia do assalto
(Foto: Divulgação)

Cabo do Exército, Elizeu Rofino de Lima, de 27 anos, foi detido por policiais do 1º DP de São Vicente e reconhecido como um dos oito integrantes da quadrilha que assaltou a residência de um casal de idosos, no Catiapoã.

O roubo aconteceu na manhã do dia 29 de dezembro de 2017, enquanto a captura do militar foi realizada na tarde de quinta-feira (11). A pedido do delegado Luís Carlos Cunha, a Justiça decretou a prisão temporária de cinco dias do cabo.

O delegado também requereu ao Judiciário mandado de busca e apreensão para a residência de Elizeu, situada na Avenida Sambaiatuba, no Jóquei Clube. Na casa foram recolhidos as roupas, o boné e o relógio de pulso que o acusado usava durante o assalto.

“Todo o uniforme do crime foi apreendido. Imagens de câmeras mostram ele com tais roupas, boné e relógio. Por meio das filmagens, identificamos o cabo, que se encontra preso no 2º Batalhão de Infantaria Leve (BIL)”, disse o investigador-chefe Adilson Peres.

O carro Hyundai i30 prata de Elizeu foi apreendido por ter sido usado no roubo. O investigador Felipe Di Carlo também participou da captura do cabo, cuja preventiva deverá ser pedida por Cunha antes de expirar o prazo da prisão temporária.

O roubo à residência dos idosos durou cerca de 15 minutos. O bando aproveitou o momento da chegada de uma faxineira para invadir a moradia. No local também se encontrava um rapaz de 21 anos, neto das vítimas.

Quatro ladrões portavam revólveres. A quadrilha roubou R$ 1.850,00, três televisores, roupas, perfumes, apetrechos de pesca, par de tênis e um automóvel Chevrolet Zafira. As investigações prosseguem para identificar os demais assaltantes.

Veja Mais