Barraco abandonado na Vila Progresso era esconderijo de drogas e armas

Descoberta foi feita pela PM em uma área de invasão, na noite de sexta-feira (2)

03/03/2018 - 20:37 - Atualizado em 03/03/2018 - 20:37

Tonel de plástico enterrado escondia
maconha (Foto: Divulgação/PM)

Um barraco abandonado próximo a uma área de mata no Morro da Vila Progresso, em Santos, servia como um esconderijo de drogas e armas. Próximo dali, em um tonel de plástico enterrado, foram encontrados tabletes de maconha. A apreensão foi feita após incursão de homens da Polícia Militar em uma área de invasão, na noite da última sexta-feira. Ninguém foi preso.

Entre as apreensões da PM estavam 1 colete balístico, três carregadores de fuzis desmuniciados, nove tabletes de maconha e 277 porções a granel da droga, que totalizavam 4,7 quilos. Além disso, foram encontradas 89 porções de cocaína, um total de 102 gramas, e ainda 202 pedras de crack, o equivalente a 76 gramas. 

Na ação, 25 frascos de lança perfume foram apreendidos, assim como facas, martelos de borracha, plásticos para embalagem e uma mochila.

A operação no morro da Vila Progresso contou com policiais da Força Tática e do Pelotão de Operações. Primeiro, eles localizaram o tonel e, em seu interior, sete tijolos de maconha.

Mais apreensões

Um pouco à frente, no barraco abandonado localizado na Rua Um, estavam as outras porções da mesma droga, além dos demais entorpecentes, do colete e do armamento.

De acordo com a PM, os objetos foram apresentados à Central de Polícia Judiciária (CPJ), onde foi elaborado o Boletim de Ocorrência. 

Veja Mais