Bandido morre após troca tiros em Guarujá

O criminoso disparou contra a equipe do COE da PM quando foi abordado

14/02/2018 - 18:53 - Atualizado em 14/02/2018 - 21:49

Um homem ainda não identificado morreu na noite da última terça-feira (13), no Jardim Enseada, em Guarujá, durante uma troca de tiros com policiais do Comando de Operações Especiais (COE) da Polícia Militar. Durante o confronto, um agente da corporação foi baleado, mas não corre riscos.

O tiroteio ocorreu na Estrada de Pernambuco, por volta das 22h30, enquanto a equipe do COE fazia patrulhamento de rotina pelo bairro e suspeitou do comportamento do desconhecido. Ao desembarcar da viatura para abordá-lo, um agente de 29 anos foi surpreendido com um disparo no abdômen. 

De imediato, um outro policial envolvido na abordagem revidou a agressão e baleou o desconhecido. Desarmado, ele teve a mochila que trazia nas costas revistada. Em um dos compartimentos do utensílio, foram encontrados um tijolo de cocaína, pesando pouco mais de um 1 quilo, 48 porções de maconha e R$ 1.600 em espécie. 

Numeração raspada

Diante dos ferimentos, os policiais socorreram o agente e o atirador, às pressas, ao Hospital Santo Amaro. Contudo, o desconhecido, que tinha o número 13 tatuado na perna direita e vários $ espalhados pelo resto do corpo, não resistiu ao ferimento. 

A arma usada por ele, um revólver calibre 38 com quatro cartuchos deflagrados e um íntegro, e a numeração raspada, foi apreendida e encaminhada à perícia da Polícia Científica. 

Após conduzir os baleados ao hospital, os agentes do COE compareceram à Delegacia da Cidade e apresentaram o caso ao delegado Wagner Camargo Gouveia, A autoridade registrou o caso sob as seguintes naturezas: resistência e homicídio simples – morte decorrente de oposição à intervenção policial. 

Veja Mais