Bandido é morto em perseguição após roubo de carro em Praia Grande

Três marginais foram perseguidos pela Polícia Militar após levarem veículo de casal; dois fugiram

18/11/2017 - 14:40 - Atualizado em 18/11/2017 - 14:41

Três marginais roubaram o carro de um casal de namorados, por volta da 1 hora deste sábado (18), em Praia Grande, e um deles morreu durante tiroteio com policiais militares.

Um rapaz de 25 anos e uma jovem de 21 namoravam no interior do Fiat Siena dele, na Praça 19 de Janeiro, em frente à Faculdade de Tecnologia (Fatec), no Boqueirão, quando surgiu o trio de assaltantes.

Os ladrões fugiram com o carro e levaram as vítimas como reféns. Logo em seguida, a notícia do roubo foi comunicada à Polícia Militar, sendo o Siena visto na Avenida Marechal Mallet pela equipe de uma viatura.

A partir daí, teve início perseguição por diversas ruas até o Canto do Forte. De novo na Mallet, o ladrão que dirigia o Siena bateu em um poste e parou na esquina com a Avenida Yolanda da Tentrine Giuffrida, onde desembarcou com os comparsas.

Perseguição acabou nesta esquina de Praia Grande (Foto: Reprodução/Google Maps)

Segundo os PMs e o casal, os ladrões ingressaram em um matagal atirando. Os policiais escaparam ilesos e revidaram os disparos. Dois marginais fugiram, mas Luan Aparecido Batista, de 19 anos, foi achado baleado na mata.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) levou o jovem ao Pronto-Socorro Quietude, onde ele faleceu. Luan levou dois tiros na região torácica. Segundo os policiais, esse acusado portava um revólver calibre 38 com quatro munições intactas e duas deflagradas.

Veja Mais