Após briga, homem mata a namorada a facadas em Praia Grande

Rapaz de 21 anos tinha ciúmes da parceira e a assassinou dentro de casa. O suspeito está foragido

02/01/2017 - 18:53 - Atualizado em 03/01/2017 - 13:51

Um crime nas primeiras horas de 2017 chocou os moradores da Vila Sônia, em Praia Grande. Depois de passar a virada do ano na praia, a jovem Brena Santos Pereira, de 20 anos, foi assassinada pelo namorado Everson Lopes, de 21, dentro da casa dele. Segundo familiares da vítima, o homicídio foi motivado por uma briga que o casal teve logo após queima de fogos.

Depois do assassinato, Lopes fugiu de casa e desde então não é localizado pela polícia e por familiares. Segundo o apurado pela Reportagem, o relacionamento dos dois tinha apenas oito meses. Nesse período, Lopes sempre demonstrou ciúmes e por isso os conflitos do casal eram constantes.

“Eles passaram o Réveillon juntos na praia e ao lado da nossa família. Mas depois da virada, discutiram feio e a Brena, no meio da madrugada, foi para a casa da mãe. Mais tarde, ele foi atrás dela e a obrigou a ir para a casa dele. Dizia que precisavam conversar”, explica uma prima da vítima, que preferiu não se identificar. 

Vizinhos na Rua Pedro Batista de Menezes, o casal foi para o quarto de Lopes. Sozinhos no cômodo, eles discutiram novamente e Brena acabou assassinada com dois golpes de faca no pescoço. “Logo depois do crime, ele saiu correndo pela rua com as roupas ensaguentadas e pediu ajuda para um morador do bairro. A irmã dele estava na calçada da casa e correu para ver o que tinha acontecido. Ao chegar no quarto encontrou a Brena cheia de sangue sobre a cama”, disse a prima. 

Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamada. Porém, ao chegar os médicos constataram que Brena já estava morta. A Polícia Militar também esteve no local e conversou com o vizinho procurado pelo suspeito depois do assassinato. Em depoimento, a testemunha disse que Lopes se mostrava desesperado com o que fizera e fugiu logo na sequência. 

Em vistoria no quarto do suspeito, a polícia apreendeu a faca usada no crime perto do corpo de Berna. O caso foi registrado na Delegacia de Praia Grande pelo delegado Luciano Samara Giaretta, que indiciou Lopes pelo homicídio. As investigações do crime já estão em andamento. 

Meses de briga

Ao longo do relacionamento, Brena e Lopes chegaram a morar juntos na casa do suspeito. A jovem engravidou do namorado, mas perdeu o bebê ainda no período de gestação. O namoro seguiu, entretanto, há dois meses, por conta do ciúmes do acusado, a vítima decidiu sair de casa e voltou para a moradia de sua mãe. A proximidade das residências fez com que eles logo reatassem o namoro – sem dividir o mesmo imóvel –, que terminou de maneira trágica. 

Pessoas com informações que possam ajudar a polícia na localização de Lopes podem entrar em contato por meio dos telefones: 181 (Disque Denúncia) ou 3471-1190 (Delegacia da Cidade). Não é preciso se identificar para fazer denúncias. 

Veja Mais