Torcedores processam Allianz Parque, Palmeiras e CBF

Trio entra com ação por danos morais e materiais devido a escoamento de água

07/02/2018 - 23:00 - Atualizado em 07/02/2018 - 23:15

Arena do Palmeiras foi inaugurada em 2014
(Foto: Reprodução/Instagram)

Três torcedores entraram com ação contra Allianz Parque, Palmeiras e CBF por danos morais e materiais. Eles foram à Justiça, alegando que o escoamento da água do temporal que caiu sobre a arena no clássico entre Verdão e Santos, em setembro passado, atingiu justamente em seus assentos.

A informação foi revelada pela ESPN e, depois, confirmada pelo site Uol Esportes. O valor do processo é de R$ 60 mil.

No duelo em questão, que terminou com triunfo do Peixe por 1 a 0, uma forte chuva caiu sobre a casa alviverde. Segundo eles, seus lugares foram atingidos pelo escoamento da água, o que lhes forçou a deixar esses bancos em busca de outros, que não estivessem sendo molhados. 

Apesar disso, à medida em que os compradores dos locais secos chegavam,  de acordo com o trio, era necessário a retornar aos bancos que tinham comprado.

Um dos torcedores pagou R$ 200 pela entrada. Os outros dois, R$ 100 cada. Eles dizem que o problema com o escoamento os impediu de conferir normalmente a partida.

A WTorre decidiu não se manifestar sobre a ação. CBF e Palmeiras não haviam sido notificados. 

Veja Mais