Roger escala Dracena para conter instabilidade na zaga do Palmeiras

Veterano fará o primeiro jogo como titular na temporada, em lugar de Thiago Martins

20/04/2018 - 20:25 - Atualizado em 20/04/2018 - 20:34

Aos 36 anos, Edu Dracena tem a chance de voltar a ser titular do Palmeiras neste domingo, contra o Inter
(Foto: Anadolu Agency/Getty Images)

O Palmeiras vai enfrentar o Internacional, no domingo (22), pelo Campeonato Brasileiro, no Pacaembu, com uma novidade na defesa. O zagueiro Edu Dracena, de 36 anos, será titular pela primeira vez no ano após ter passado por uma pré-temporada especial, mais longa. O veterano ganhou a confiança do técnico Roger Machado e vai substituir Thiago Martins com o papel de solucionar falhas defensivas.

Na entrevista coletiva desta sexta-feira (20), o treinador explicou a mudança na defesa. Para Roger, é importante neste momento do time contar com um atleta mais experiente. "O Edu traz a qualidade do seu jogo, a imposição pela bola aérea, assim como Tonhão (Antônio Carlos) e Thiago. Mas o Edu me dá a experiência dele, nos ajuda a equilibrar o time nesse momento de maior instabilidade", explicou.

Dracena só atuou neste ano até agora no segundo tempo da vitória por 5 a 0 sobre o Novorizontino, pelo Campeonato Paulista. A comissão técnica definiu para o zagueiro uma pré-temporada mais longa, para evitar lesões e garantir ao defensor mais atuações no time. A programação fez o veterano perder espaço para outros concorrentes, como o próprio Thiago Martins.

O clube vem de três jogos seguidos sem vencer, com uma derrota e dois empates. A série é a maior do ano e teve como principais problemas as falhas da defesa. O assunto se fez marcante nos últimos dias durante os treinos. "A preparação não é diferente das semanas anteriores, que temos a semana aberta e condição de trabalhar mais dias a equipe. A pressão por resultados vai ter sempre", afirmou.

Para o jogo de domingo, o Palmeiras deve ser escalado com: Jailson; Marcos Rocha, Antônio Carlos, Edu Dracena e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique e Moisés; Dudu, Keno e Borja. O clube já vendeu 17 mil ingressos para a partida.

Veja Mais