Palmeiras e Corinthians entram e campo para disputar troféu milionário

Timão precisa de triunfo simples; Verdão tem que vencer por 2 gols para avançar

26/09/2018 - 07:00 - Atualizado em 26/09/2018 - 11:40

Felipão e Jair Ventura. Quem chega a final da Copa do Brasil? (Foto: Montagem/AT)

Corinthians e Palmeiras vão viver mais um dia de decisão na temporada 2018. Nesta quarta-feira, às 21h45, Timão e Verdão entram em campo para decidir fatos importantes: quem avança à final da Copa do Brasil, quem vai levar R$ 20 milhões por chegar a última parte da competição, quem vai continuar na disputa por uma vaga antecipada para a Libertadores 2019 e quem disputará o prêmio de 50 milhões dado ao vencedor da Copa.

Para chegar a etapa final, ambas as equipes precisam superar obstáculos, entretanto, o Corinthians está em situação melhor que o Palmeiras.

Os comandados de Jair Ventura jogam em casa e precisam vencer por qualquer placar para chegar à final da Copa. Já os de Luiz Felipe Scolari vão ao Mineirão e estão em uma situação mais complicada. Eles precisam vencer por 2 gols de diferença no tempo normal, para se classificar diretamente. Caso vençam por 1, a partida vai para os pênaltis, pois iguala o resultado do Allianz Parque.

É importante destacar que na Copa do Brasil o gol fora de casa não é mais critério de desempate para a classificação.

Em busca da tríplice coroa

Felipão vem ganhando confiança da torcida com os bons resultados

Vivo nas duas competições mata-mata que disputa (Copa do Brasil e Libertadores), além das chances de título no Brasileirão. Felipão e seu esquadrão alviverde vão ao Mineirão, na noite desta quarta-feira (26), às 21h45, precisando reverter o 1 a 0 sofrido no Allianz Parque, na partida de ida contra o Cruzeiro.

Na última segunda-feira, durante entrevista coletiva, Luis Felipe Scolari foi questionado se pensa em ganhar as competições que disputa e ficar com a tríplice cora, ele respondeu.

"Ganhar as três mais o Mundial? (risos). Nossa Senhora", brincou Scolari, que prosseguiu. "Temos que ganhar uma competição, o Brasileiro, ou a Libertadores, ou a Copa do Brasil. Ganhar uma competição minimamente para depois trabalhar de uma forma que seja nosso pensamento, com aqueles jogadores que, dentro desse grupo, vamos mudar uma ou outra coisa"

Apesar de só ter vencido o Cruzeiro por 2 gols de diferença, em mata-matas, uma vez na história (4 a 2, em 18 de maio de 1930), o Verdão conta com o bom aproveitamento fora de casa na Libertadores, Paulistão e Copa do Brasil.

No Paulistão passou sem dificuldades pelo Novorizontino (quartas), venceu o Santos (semifinal) e o Corinthians na final, em Itaquera, apesar de ter perdido o título. Na Libertadores, até o momento, o Palmeiras segue como visitante 100%. Não perdeu para Junior Barranquilla, Boca Junior, Alianza Lima, Cerro Porteño e Colo-Colo. Já na Copa do Brasil, estreou com vitória em cima do América-MG e empatou com o Bahia em 0 a 0.

"Temos condições de reverter em Minas, temos de jogar como se fosse uma final. Esse é o espírito do nosso grupo", disse o treinador na atividade de segunda-feira (24)

Para esta partida, Felipão não poderá contar com Gustavo Scarpa (inflamação no calcanhar) e Gustavo Gómez (não inscrito na Copa do Brasil).

A escalação provável para o duelo contra a Raposa é: Weverton, Mayke, Antônio Carlos, Edu Dracena e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique e Moisés; Willian, Dudu e Borja.

Jair Ventura, o misterioso

Treinador quis manter dúvida entre Ralf e Gabriel (Foto: Twitter/Reprodução)

No último treino da equipe, que foi aberto à torcida e contou com mais de 38 mil pessoas na Arena, Jair Ventura fez mistério na escalação que encara o Flamengo nesta noite. "O time está definido, mas vi a entrevista do Barbieri e ele não revelou. Então não vou falar também".

A duvida do treinador alvinegro está no setor de meio-campo. Ele não sabe se promove o retorno de Ralf, que votla de lesão ou mantém Gabriel no setor. Ele atuou contra o Inter na última partida do Brasileirão.

Diante disto, a provável escalação do Timão para o confronto é: Cássio, Fagner, Léo Santos, Henrique e Danilo Avelar; Ralf (Gabriel) e Douglas; Romero, Jadson, Mateus Vital e Clayson.

São desfalques para a partida: Roger e Matheus Matias (não inscritos), Renê Júnior (lesão no joelho esquerdo), Paulo Roberto (inflamação na coxa esquerda) e Jonathas (fibrose na coxa direita). Douglas é único pendurado do Timão.

Uma coisa é certa, o treinador do Corinthians, durante entrevista coletiva depois do treino, disse que a postura será diferente. "Em casa, teremos a torcida empurrando. As críticas eu vejo com naturalidade, porque tivemos dificuldade para criar, realmente criamos pouco, mas amanhã (quarta-feira) a história é totalmente diferente, a estratégia é diferente. A melhor estratégia é para aquele que vence. Como não vencemos lá... Agora estamos mais próximos porque temos a torcida junto".

Veja Mais