Borja faz dois, mas Palmeiras cede e empata com Linense

Com o 2 a 2, no Allianz Parque, Verdão perdeu os 100% de aproveitamento

15/02/2018 - 23:00 - Atualizado em 15/02/2018 - 23:22

Borja fez gols nas últimas três partidas do Palmeiras
(Foto: Alexandre Schneider/Getty Images)

A grande noite de Miguel Borja, autor de dois gols, terminou com empate entre Palmeiras e Linense no Allianz Parque: 2 a 2. Depois de seis vitórias seguidas, o Palmeiras perdeu os 100% de aproveitamento no Campeonato Paulista nesta quinta-feira (15).

Com 19 pontos, o time de Roger Machado continua liderando o Grupo C e a classificação geral. O Linense, com 5 pontos, é lanterna do Grupo A e penúltimo no geral.

O Verdão volta a campo neste domingo, às às 19h30, contra a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli. no dia seguinte, às 20 horas, o Linense recebe o Novorizontino.

Gol de Borja. Mas...

Pela primeira vez em sua passagem pelo Palmeiras, o centroavante marcou gols em três partidas seguidas. Ele foi titular nos sete jogos do ano e já anotou cinco vezes, metade do que em toda a temporada passada, quando atuou em 43 ocasiões.

Diante do Linense, precisou de apenas três minutos para receber ótima enfiada de Guerra e vencer o goleiro Victor Golas com um chute cruzado. Titular na vaga de Willian, Guerra aproveitou bem a oportunidade que Roger lhe ofereceu e foi um dos destaques da etapa inicial. O bom início do Verdão fez o torcedor salivar esperando por uma goleada.

Só que o ritmo foi caindo... Ironicamente, uma falta cometida pelo próprio Borja no campo de defesa — é de se destacar o esforço dele na marcação — gerou o gol de empate do Linense no fim do primeiro tempo. Adalberto subiu mais que Antônio Carlos e fez de cabeça. Borja (sempre ele!) chegou a balançar a rede antes do intervalo, mas estava impedido.

Outro gol de Borja. Mas...

O segundo tempo começou como o primeiro: gol de Borja aos 6 minutos, com lindo passe de Marcos Rocha. Mas a defesa não esteve sólida como nas partidas anteriores...

O Linense foi se soltando e ameaçando com um chute aqui e outro acolá até que Murilo Henrique aproveitou uma bola rebatida por Thiago Martins para deixar tudo igual.

Gustavo Scarpa entrou bem no lugar de Guerra e gerou três boas situações para Borja: o goleiro defendeu as duas primeiras e na última o colombiano desabou na área pedindo pênalti. O árbitro mandou seguir.

Ficha técnica:

Palmeiras: Jailson, Marcos Rocha, Antônio Carlos, Thiago Martins e Michel Bastos; Felipe Melo, Tchê Tchê e Lucas Lima (Keno); Guerra (Gustavo Scarpa), Dudu (Willian) e Borja. Técnico: Roger Machado.

Linense: Victor Golas, Reginaldo, Adalberto, Leandro Silva e Fernandinho (Berguinho); Marcão Silva, Bileu, Eduardo e Murilo Henrique (Kadu); Danielzinho (Giovanni) e Wilson. Técnico: Márcio Fernandes.


Gols: Borja, aos 3, e Adalberto, aos 43 minutos do primeiro tempo; Borja, aos 6, e Murilo Henrique, aos 30 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos: Borja (Palmeiras); Marcão Silva (Linense).

Árbitro: Lucas Canetto Bellote.

Renda: R$ 1.435.029,10.

Público: 25.712 pagantes.

Local: Allianz Parque.

Veja Mais