Prefeitura de Mongaguá remove três famílias por conta da chuva

Em Cubatão, campanha segue para arrecadar doações a desalojados

16/04/2018 - 12:06 - Atualizado em 16/04/2018 - 12:13

Poço das Antas, em Mongaguá, foi tomado pela
água neste domingo (Foto: enviada via WhatsApp)

Além de Cubatão, onde 25 famílias foram alojadas em casas de parentes por conta da chuva, a Prefeitura de Mongaguá, no Litoral Sul, também precisou remover moradores. Três famílias precisaram sair de suas moradias, sendo que uma foi para casa de parentes e as outras duas estão abrigadas no Ginásio de Esportes Central. 

Ainda segundo a Administração Municipal, equipes da Secretaria Municipal de Assistência Social e outros órgãos estão dando apoio aos moradores. O Fundo Social de Solidariedade iniciou uma campanha de arrecadação de alimentos não-perecíveis e produtos de higiene para essas famílias, cujas doações devem ser entregues na sede da entidade à Avenida Marina, 65, no Centro.

A chuva registrada na cidade no sábado (14) e domingo (15) chegou a quase 20 vezes acima do que o normal. A Prefeitura esclareceu que o nível dos rios que circundam o município subiu, causando alagamentos incluindo em pontos críticos com áreas de ocupação irregular, onde as edificações estão em encostas de morros ou próximas a leitos de rios.

As equipes da Defesa Civil atenderam a diversas ocorrências com diferentes especificações, mas todas contando com o apoio dos vários setores da Administração Municipal.

Pilões foi uma das regiões mais afetadas em Cubatão
(Foto: Vitor Reis Salomão/enviada via WhatsApp)

Cubatão

A cidade segue com campanha para arrecadar doações às famílias alojadas em casas de parentes ou na Sociedade de Melhoramentos de Pilões, uma das regiões mais castigadas pela chuva de domingo. Quem quiser doar roupas, lençóis, cobertores e alimentos não perecíveis pode ligar para o Disque Solidariedade, nos telefones (13) 3362-6500 ou 3362-0842. 

Durante o domingo, o prefeito Ademário Oliveira e secretários percorreram as áreas atingidas, entre elas o Vale Verde, Vila Nova, Centro, Vila São José, Jardim Costa e Silva, Ilha Caraguatá e Caminho dos Pilões, nas proximidades do Rio Cubatão, além da Vila Esperança.

Em 24 horas, a cidade acumulou 151 mm de chuva no posto na sede do Comdec, no Centro de Cubatão, 114,4 mm no posto Ultrafértil e 156,6 mm na Cota 400.

Na manhã desta segunda-feira (16), não havia novos pontos de alagamento.

Veja Mais