Justiça libera shows comemorativos à Semana da Pátria na orla de Peruíbe

Proibição em outra área da praia, em vigor desde janeiro, gerou questionamentos sobre eventos para o feriado

02/09/2018 - 08:03 - Atualizado em 02/09/2018 - 16:46

Shows na Arena Fest foram proibidos no
começo do ano (Foto: Divulgação/PMP)

A juíza Danielle Câmara Takahashi Cosentino Grandinetti, da 2ª Vara do Foro e Comarca de Peruíbe, autorizou a cidade a realizar shows comemorativos à Semana da Pátria na orla da praia no trecho anexo ao Lamário e Aquário Municipal. 

A decisão publicada na noite de sexta-feira (31), à qual cabe recurso, foi tomada após polêmica envolvendo a autorização para realização de eventos na orla da cidade. Isso porque, em janeiro deste ano, o Instituto Ernesto Zwarg, entidade de preservação e educação ambiental, obteve, junto à Justiça, a proibição do uso, para realização de shows de verão, da área da Arena Peruíbe Fest, que fica na praia do Centro, perto da foz do Rio Preto. 

Segundo a Prefeitura, o anúncio de que a Administração Municipal realizaria shows durante o feriado da Independência na área entre o Lamário e o Aquário gerou novos questionamentos, uma vez que já havia decisão anterior restringindo eventos, mas em outra área. 

"Conseguimos autorização junto à Cetesb e ao Defau (Departamento de Fauna da Secretaria de Estado do Meio Ambiente). Não há mais razões para questionamentos dessa ordem", afirma o prefeito Luís Maurício.

Conforme explica a Prefeitura, a polêmica a respeito da realização dos shows apontava que a área da Arena Fest deveria ser preservada por abrigar vegetação rasteira e ninhos de aves como a coruja buraqueira. ''A área em questão ficou descaracterizada de sua flora e fauna original desde quando o curso natural do Rio Preto e de sua foz foi desviado pelas obras de enrocamento do rio realizadas há 40, 45 anos. Desde então, a área já teve pista de MotoCross, estacionamento de carros, abrigou circos e grandes festivais como os realizados nas décadas de 80 e 90'', diz.

Ainda segundo a Administração Municipal, a montagem para a realização dos shows, que acontecerão entre os dias 7 e 9 de setembro, começou na manhã de sábado (1º) e a área poderá abrigar eventos para a próxima temporada de verão. 

Resposta

Procurado por A Tribuna On-line, o presidente do instituto, Itamar Zwarg, afirmou que a proibição de eventos diz respeito à toda área, não havendo divisão entre o espaço onde antes havia a Arena Fest e o da região do Lamário e Aquário.

''Estamos falando de uma única área de preservação ambiental. Que está em degradação pela ação do homem e que está em recuperação. Uma área de restinga, vegetação jundu e ninhos de coruja buraqueira, que vem perdendo seu habitat natural de procriação e manutenção da espécie''.

De acordo com Zwarg, apesar da autorização divulgada pela Administração Municipal, há uma ação civil pública em tramitação na Justiça de Peruíbe pedindo a proibição definitiva dos shows em todo aquele local. ''A decisão citada pela Prefeitura permite a realização de shows, mas com a condicionante de que os ninhos têm que estar protegidos e mantidos a uma distância de 50 metros. Os ninhos têm que estar isolados''.

Ainda conforme o presidente da entidade, na noite da última sexta-feira (31), em vistoria na área próxima ao Aquário, três ninhos foram localizados. ''Poderiam ser mais, se não houvesse tanta intervenção humana. A montagem começou, mas sem autorização''.

Veja Mais