Guarujá vai implantar programa experimental de coleta de óleo

Iniciativa começa no dia 8 de março em dois pontos da Cidade

28/02/2018 - 11:59 - Atualizado em 28/02/2018 - 12:08

Guarujá vai implantar, no próximo dia 8 de março, um programa experimental de coleta de óleo nos bairros das Astúrias, Guaiúba e Tombo. A ação será colocada em prática por 90 dias e o objetivo é testar os locais e, possivelmente, estender o atendimento para toda a Cidade. 

De acordo com a Prefeitura, o programa será implementado por meio de um Termo de Cooperação envolvendo os sindicatos dos Empregados em Edifícios e Condomínios e de Empregados em Empresas de Compra e Locação de Imóveis de Guarujá (Seeclag), além da entidade Alternativo Brasil, que trabalha com a reciclagem de óleo na Cidade. A assinatura deste termo entre ambas as partes acontecerá no dia 8 de março, às 14 horas, na Praça Valter Belian.

A Administração Municipal esclareceu que a coleta de óleo será voluntária nesta primeira fase. Para isso, os interessados podem se dirigir à tenda que será instalada terças e quintas-feiras, das 10 às 16 horas, na Praça Valter Belian, no Guaiúba.

Às quartas-feiras, o local é a feira da Avenida Miguel Alonso Gonzalez, nas Astúrias. Nestes locais, as garrafas de óleo serão recolhidas e encaminhadas para um transbordo instalado no Seeclag. Depois, para a empresa, em Vicente de Carvalho. Na Praia do Tombo, de acordo com a Prefeitura, não haverá tenda.

Após o prazo de 90 dias, a ideia é, dependendo da avaliação das partes, iniciar uma ação com zeladores filiados ao Seeclag, que serão orientados a trabalhar com reciclagem dentro dos prédios, com a empresa indo buscar nestes locais (também durando outros 90 dias). 

Se a avaliação desta nova etapa também for positiva, o serviço poderá ser estendido para Vicente de Carvalho, Santa Rosa, e toda a Zona Leste de Guarujá.

Veja Mais