Guarujá tem baixa procura por imunização no 'Dia D' de vacinação contra febre amarela

Campanha ocorreu em 20 unidades de saúde do município

24/02/2018 - 18:48 - Atualizado em 24/02/2018 - 19:28

O movimento neste sábado foi considerado fraco
(Foto: Carlos Nogueira/AT)

A cidade de Guarujá realizou, neste sábado (24), uma campanha de mobilização para vacinação contra a febre amarela, o chamado "Dia D".  De acordo com a Prefeitura,  a procura pela imunização foi baixa durante todo o dia. Apenas 1,9 mil pessoas foram imunizadas. 

Desde 25 de janeiro, quando começou a campanha de imunização, somente 85 mil tomaram a dose, dos 295 mil moradores que deveriam tomar.  A baixa adesão ao mutirão tem preocupado as autoridades. No último dia 14, o diretor de Atenção Básica e Especialidades da Secretaria de Saúde de Guarujá, Paulo Guilherme Muniz, declarou que era preciso aumentar o número de pessoas vacinadas para "evitar uma tragédia" na Baixada Santista.  A campanha no município segue até o dia 2 de março (sexta-feira). 

Para se vacinar, é preciso levar documento de identidade com foto e, se tiver, carteira de vacinação. Crianças devem ter documento ou certidão de nascimento e caderneta de vacinação.

Contraindicações

Gestantes, lactantes, pessoas que fazem uso de corticoide (imunossupressores), alérgicos a ovo, pacientes de quimio e radioterapia e pessoas com doenças autoimunes não podem tomar a vacina.

Portadores de HIV, pacientes com tratamento quimioterápico concluído, transplantados, hemofílicos ou pessoas com doenças do sangue, e doença falciforme necessitam de avaliação médica prévia.

Veja Mais