Por chute em torcedor, jogador francês é suspenso pela Uefa por sete meses

Patrice Evra, do Olympique de Marselha, foi punido por chutar a cabeça de um fã do próprio time

10/11/2017 - 16:09 - Atualizado em 10/11/2017 - 16:17

Evra aparece dando um chute no torcedor, enquanto companheiros tentam pará-lo (Foto: Miguel Riopa/AFP)

A Uefa não aliviou no julgamento do lateral Patrice Evra pelo chute dado em um torcedor do Olympique de Marselha. Nesta sexta-feira (10), a entidade europeia anunciou a dura sanção ao experiente francês, de 36 anos, e decidiu suspendê-lo por sete meses, até o dia 30 de junho.

A Uefa explicou que Evra está impedido de atuar "em todas as partidas de competições de clubes da entidade" e ainda terá que pagar uma multa de 10 mil euros (R$ cerca de R$ 38 mil). O lateral, porém, está liberado para jogar em qualquer competição que não seja continental.

No último dia 3, a Uefa anunciou a criação de um inquérito disciplinar para investigar a agressão de Evra. O francês foi enquadrado no artigo 15 do regulamento disciplinar da entidade, que fala em "má conduta" dos jogadores.

Evra acertou um chute na cabeça de um torcedor do Olympique antes do duelo de quinta-feira da semana passada diante do Vitória de Guimarães, em Portugal, pela Liga Europa. O lateral se desentendeu com alguns fãs e desferiu um pontapé antes de ser retirado por seus colegas.

A atitude foi recriminada pelo Olympique, que decidiu suspender o jogador preventivamente de seu elenco. “Um jogador profissional e experiente não deveria responder de maneira tão inapropriada”, criticou o presidente do clube, Jacques-Henri Eyraud, na ocasião.

Veja Mais