Peres anuncia que jogos do Santos na Libertadores serão no Pacaembu

Presidente evoca mudança de regulamento que não existiu

11/01/2018 - 22:39 - Atualizado em 11/01/2018 - 22:46

O Pacaembu é uma espécie de segunda casa do Santos e geralmente enche em partidas do Santos (Foto: Arquivo)

Em vídeo que circula nas redes sociais, o presidente José Carlos Peres afirma que o Santos vai mandar todos os seus jogos pela Libertadores da América no Pacaembu.

“Estamos aqui no Santos, trabalhando bastante para  ter um clube mais enxuto, com mais receita, jogando em São Paulo e jogando em Santos. Libertadores da América toda ela no Pacaembu”, afirma.

Na primeira fase, o Santos, que está no Grupo 6 da competição, vai fazer três partidas como mandante e três como visitante. Dessa forma, a Vila Belmiro fica descartada.

Com boas médias de público no estádio paulistano e dificuldade para lotar seu estádio, o Santos vai receber adversários sul-americanos em São Paulo para levantar mais recursos, de acordo com o dirigente.

“O Santos precisa de dinheiro. O Santos passa por um colapso financeiro e a gente tem que ajudar o clube. Então, chamar vocês torcedores, que compareçam aos jogos do clube. Vamos ajudar esse gigante a se reerguer”.

O Santos estreia na Libertadores no dia primeiro de março, contra o Real Garcilaso, no Peru. No dia 15 do mesmo mês, os santistas enfrentam em casa um adversário que virá das fases preliminares. Ao que tudo indica, o jogo será realizado no Pacaembu.

Além da questão financeira, José Carlos Peres argumenttou que o Santos não jogará na Vila Belmiro por causa do regulamento da Conmebol, que exigira estádios cuja capacidade ficaria além do que o estádio santista pode oferecer – nas últimas finais de Campeonato Paulista, por exemplo, a Vila recebeu 16 mil pessoas.

Contudo, o artigo 74 do regulamento é claro: na fase de grupos, os estádios precisam abrigar no mínimo 10 mil torcedores. A Vila Belmiro só ficaria impossibilitada de receber eventuais semifinais e finais. No primeiro caso, são exigidos 30 mil lugares, e no segundo, 40 mil.

Veja Mais