No Chelsea, Kepa Arrizabalaga se torna goleiro mais caro da história

Depois de perder Courtois, time inglês paga cerca de R$ 344 milhões ao Athetic Bilbao pelo arqueiro

08/08/2018 - 22:34 - Atualizado em 08/08/2018 - 23:01

Muitas horas depois de o Athletic Bilbao anunciar que a multa de rescisão de contrato do goleiro Kepa Arrizabalaga, de 80 milhões de euros (cerca de R$ 344 milhões), foi paga nesta quarta-feira (8), mas sem revelar publicamente o clube que desembolsou esta fortuna, o Chelsea oficializou a contratação do jogador espanhol no final da noite (no horário de Londres).

Pouco depois de perder o belga Thibaut Courtois, confirmado horas mais cedo como novo goleiro do Real Madrid, o clube inglês anunciou que acertou um longo contrato de sete anos com o atleta de 23 anos de idade. E os valores desta transação tornaram o jovem o goleiro mais caro da história do futebol.

 

A cifra superou a recente negociação recorde de um jogador da posição, então consumada no mês passado com a contratação de Alisson pelo Liverpool. O brasileiro saiu da Roma em uma transação cujo valor total pode chegar a 72,5 milhões de euros (cerca de R$ 326 milhões no dia da aquisição), sendo que 62,5 milhões de euros são fixos e outros 10 milhões de euros previstos por metas alcançadas.

Levando em conta a moeda corrente na Europa, independentemente de sua cotação, o preço da transferência também ultrapassou com sobras o montante da contratação de Gianluigi Buffon pela Juventus, em julho de 2001, quando o clube de Turim desembolsou cerca de 53 milhões de euros (cerca de R$ 105 milhões pela cotação da época) para tirá-lo do Parma e torná-lo o então goleiro mais caro da história.

Um dos jogadores desta posição convocados como opção de banco para o lugar do titular David de Gea na seleção espanhola que disputou a Copa do Mundo da Rússia, Kepa Arrizabalaga comemorou o novo destino de sua carreira nesta quarta-feira à noite, quando já posou para fotos vestindo a camisa do Chelsea.

"Esta é um decisão muito importante para mim, para minha carreira, e também para a minha vida pessoal", afirmou o goleiro, que se tornou o sexto espanhol do atual elenco do time londrino, hoje contando já com Cesar Azpilicueta, Marcos Alonso, Cesc Fàbregas, Pedro e Alvaro Morata.

"Muitas coisas me atraíram para o clube, todos os títulos que o clube tem vencido, os outros jogadores, a cidade, o Campeonato Inglês. É uma acumulação de coisas, e eu estou muito satisfeito pelo Chelsea ter decidido confiar em mim e me aceitar também", completou, por meio de declarações divulgadas pelo site oficial do clube inglês.

O Chelsea ainda confirmou nesta quarta-feira que Kepa já está elegível para poder estrear pelo time neste sábado, quando a equipe abrirá a sua campanha no Campeonato Inglês contra o Huddersfield, fora de casa. O atleta treinará pela primeira vez com os seus novos companheiros de equipe nesta quinta.
Veja Mais