Com show de Müller, Bayern de Munique atropela Besiktas pela Liga dos Campeões

equipe bávara venceu por 5 a 0, em duelo disputado na Allianz Arena

20/02/2018 - 19:25 - Atualizado em 20/02/2018 - 19:36

Thomas Müller fez dois gols para o Bayern de Munique
(Foto: Thomas Kienzle/AFP)

No duelo de campeões nacionais, o Bayern de Munique fez muito bem o papel de casa ao aproveitar um jogador a mais em boa parte do confronto diante do Besiktas, nesta terça-feira (20). O time bávaro goleou por 5 a 0, com show de Müller na Allianz Arena, em duelo válido pela ida das oitavas da Liga dos Campeões.

Thomas Müller fez dois, assim como Lewandowski. Coman anotou o outro gol do Bayern, que se impôs desde o início e ofuscou o trio Anderson Talisca, Quaresma e Vágner Love. Agora, o Besiktas precisará de um milagre no jogo da volta, marcado para o dia 14 de março, em Istambul.

O jogo

A estratégia turca teve que ser repensada logo no início, e não devido a gol levado. Na casa dos 15 minutos, o zagueiro Vida, último homem, fez falta dura na entrada da área, após erro bobo do capitão Hutchinson, e foi expulso - direto. Na cobrança de falta, James quase abriu o placar.

Por falar em quase, Love certamente sonhará com um lance que ocorreu logo em seguida ao contratempo. O brasileiro chegou a entortar Boateng (mas não a ponto de lembrar Messi), mas isolou a bola, cara a cara. 

Passado o susto, o Bayern sufocou a saída de bola dos visitantes e fez uma blitz para ir ao intervalo com vantagem, com direito a Ulreich, titular no lugar de Neuer (lesionado e único ausente bávaro), participando de sua intermediária. 

O goleiro Fabri chegou a fazer uma defesa faraônica em testada à queima-roupa de Hummels, mas ali já era um prenúncio do que viria. Novamente em jogada nascida na esquerda, Coman jogou para área e, oportunista como poucos, Müller empurrou para a rede, anotando um gol que refletiu o quanto o Besiktas estava recuado em campo. 

Na etapa final, já sem a presença de James, substituído por ter ficado tonto em bolada, o segundo gol dos mandantes parecia inevitável. E ele veio, antes dos dez minutos, com Coman, que escorou o passe de Müller.

Atordoado, o Besiktas perigava ser goleado e ver a vaga escapar ainda na primeira perna. O insinuante trio Talisca, Love e Quaresma parou no segundo tempo e teve que colaborar como nunca na marcação. E pior: ainda viu Müller se tornar, definitivamente, o dono da noite, com mais um gol de um toque só.

Antes do fim, Lewandowski mostrou que não queria ficar atrás. O goleador marcou duas vezes, quando o Bayern já tinha deixado o Besiktas na roda. O último, cabe destacar, com assistência de Müller. Um senhor massacre! 

Veja Mais