Atacante de time goiano é preso por furto de celulares

Wellington da Silva Terra Júnior perdeu seu contrato com o Jataiense depois do crime

20/07/2018 - 16:50 - Atualizado em 20/07/2018 - 17:24

Aparelhos desviados por Wellington na delegacia
(Foto: Divulgação/Polícia Civil)

O atacante Wellington da Silva Terra Júnior,atleta do Jataiense, foi preso nesta quinta-feira (19) acusado de furtar celulares da loja em que trabalhava. Ele foi desligado do clube, que estava treinando há 10 dias. A informação é do site UOL Esporte.

Para cometer o crime, que aconteceu em Jataí - sudoeste de Goias - Wellington se aproveitou da condição de funcionário do comércio e começou a cometer o crime. Segundo o site, ele apenas desviava as mercadorias. A negociação dos aparelhos era feita por uma mulher, que realizava a venda em sites de relacionamento ou grupos de mensagens. 

Ainda conforme a publicação, em três meses  96 aparelhos desapareceram da Casas Bahia em que ele trabalhava. 

O Grupo Especial de Repressão a Crimes Contra o Patrimônio (Gepatri), montou uma ação para encerrar o crime e recuperou 47 aparelhos furtados.

De acordo com a Polícia Civil, Wellington foi preso e autuado por furto qualificado. Caso seja condenado pela justiça, pode pegar até oito anos de prisão. 

Veja Mais