Walter pega pênalti e Corinthians derrota o Furacão em Curitiba

Goleiro que substituiu Cássio se destaca e sente lesão muscular quase no fim

08/11/2017 - 23:07 - Atualizado em 08/11/2017 - 23:28

Líder voltou a encontrar dificuldades, mas conseguiu vencer de novo graças ao goleiro Walter (Foto: Reinaldo Reginato/Fotoarena/Folhapress)

Time que menos usou jogadores neste Brasileirão, o Corinthians viu um estreante na temporada garantir o resultado positivo na Arena da Baixada. O goleiro Walter pegou pênalti de Nikão ainda no primeiro tempo, e o Timão venceu o Atlético-PR por 1 a 0, na noite desta quarta-feira (8). Com o resultado, o Corinthians fica ainda mais perto do título brasileiro, agora com cinco rodadas para o fim do campeonato.

Walter fez o primeiro jogo em 2017 porque Cássio está com a Seleção Brasileira. Na mira do São Paulo para a próxima temporada, o goleiro mostrou nesta quarta por que o Corinthians não pensa em liberá-lo facilmente para o rival. Nos minutos finais, porém, Walter sentiu lesão muscular e teve de ser substituído por Caíque França.

Outro jogador importante no Corinthians foi Giovanni Augusto, que entrou no segundo tempo e marcou seu primeiro gol em 2017. A última vez que o meia, que também tem futuro incerto, havia marcado tinha sido em outubro do ano passado.

Com os dois heróis improváveis, o Corinthians está cada vez mais próximo do título. A equipe mantém pelo menos seis pontos de vantagem para o Santos, segundo colocado que ainda está em ação diante do Vasco.

O Atlético-PR, por sua vez, estaciona entre as zonas de rebaixamento e de classificação para a Libertadores. Nesta quarta, além do pênalti perdido aos 31 minutos, o Furacão teve chances e até acertou a trave no primeiro tempo. Porém, na etapa final a equipe praticamente não assustou, nem após ter sofrido o gol.

Já o Corinthians esteve longe de fazer um bom jogo, mas venceu do jeito que mais acostumou-se: segurou a pressão e foi fatal em uma oportunidade. Aos 31 minutos do segundo tempo, Giovanni Augusto recebeu pelo lado esquerdo, cortou para o meio e chutou cruzado. Rodriguinho apareceu na frente da bola e atrapalhou Weverton, que viu a bola morrer no canto da rede.

Mesmo após o gol, o Atlético-PR não conseguiu levar perigo ao Corinthians. Fechadinho do jeito que gosta, o Timão administrou e viu o tempo passar até o fim do jogo. O líder também vê o tempo passar rumo ao provável título.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-PR 0 X 1 CORINTHIANS

Local: Arena da Baixada, Curitiba (PR)

Data-Hora: 8/11/2017 - 21h

Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (Fifa-RJ)

Público: 19.384 pagantes

Renda: R$ 838.155,00

Cartões amarelos: Fabrício e Thiago Heleno (APR), Maycon (COR)

Gol: Giovanni Augusto (31'/2ºT) (0-1)

ATLÉTICO-PR: Wéverton; Jonathan, Paulo André, Thiago Heleno e Fabrício; Pavez e Lucho González; Lucas Fernandes (Matheus Anjos, aos 27'/2ºT), Felipe Gedoz (Douglas Coutinho, aos 35'/2ºT) e Nikão (Pablo, aos 40'/2ºT); Ribamar. Técnico: Fabiano Soares.

CORINTHIANS: Walter (Caíque França, aos 41'/2ºT); Fagner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Camacho e Maycon (Paulo Henrique, aos 23'/2ºT); Romero, Rodriguinho e Clayson (Giovanni Augusto, aos 19'/2ºT); Jô. Técnico: Fábio Carille.

Veja Mais