Sem sua principal peça, São Paulo recebe o Botafogo no estádio do Pacaembu

Suspenso com o terceiro cartão amarelo, Hernanes desfalca o Tricolor pela primeira vez

19/11/2017 - 08:42 - Atualizado em 19/11/2017 - 15:53

Hernanes está suspenso e desfalcará o São Paulo neste domingo (Foto: Rubens Chiri/São Paulo)

O São Paulo fará neste domingo (19) o seu primeiro jogo sem Hernanes, principal referência do time na retomada no Campeonato Brasileiro. O capitão tricolor recebeu o terceiro cartão amarelo na partida contra o Grêmio e cumprirá suspensão no duelo contra o Botafogo, às 17 horas, no estádio do Pacaembu, na capital paulista, pela 36ª rodada. O clube carioca foi o primeiro adversário que o meia enfrentou em seu retorno.

A solução que o técnico Dorival Junior encontrou para montar o time é um mistério. Lucas Fernandes, por ter entrado bem nos últimos três jogos do São Paulo, e Maicosuel, por ter substituído o peruano Cueva nos últimos dois, são cotados para começarem jogando no meio de campo tricolor. Outras opções são Shaylon, Thomaz, Araruna e até Júnior Tavares, lateral-esquerdo que foi testado mais adiantado no duelo contra o Grêmio, na última quarta-feira.

Dorival Junior também não terá à disposição o zagueiro Arboleda, também suspenso pelo terceiro cartão amarelo. A tendência é que o treinador opte por Bruno Alves, que já entrou no lugar do equatoriano em duas oportunidades - marcou gol em uma delas. Outra opção é Aderllan, que vem buscando mais espaço no time. O uruguaio Lugano também está à disposição.

A principal novidade do time seria Cueva, que retornaria depois de ajudar a seleção peruana a se classificar para a Copa do Mundo de 2018. O meia, que não vai jogar, voltaria embalado após a conquista com o time nacional, já que será o primeiro Mundial do Peru em 36 anos. Militão, que cumpriu suspensão diante do Grêmio, também retorna para a lateral direita.

Uma vitória diante dos cariocas pode livrar matematicamente o São Paulo do risco de rebaixamento. Ainda que a possibilidade de queda já seja mínima, o elenco tenta alcançar a meta dos 47 pontos estabelecida nos vestiários. Já perdeu duas oportunidades: contra o Vasco, quando tinha 44, empatou por 1 a 1; depois, perdeu para o Grêmio por 1 a 0.

Veja Mais