Santos recebe Santo André para ampliar embalo antes de jogos de peso

Peixe estreará na Libertadores no meio da semana e depois terá clássico contra o Corinthians

25/02/2018 - 08:23 - Atualizado em 25/02/2018 - 11:04

Sequência de duas vitórias no Paulistão deu tranquilidade a Jair Ventura (Foto: Fernanda Luz/A Tribuna)

Embalado por duas vitórias consecutivas, sequência que ainda não havia emplacado no Campeonato Paulista, o Santos vai enfrentar o Santo André, neste domingo (25), às 19h30, no estádio da Vila Belmiro, em Santos, no teste final antes daquela que será a sua mais importante semana no ano até agora.

O confronto pela nona rodada do Paulistão antecede dois confrontos de peso para o Santos. Na próxima quinta-feira (1º), o time vai ao Peru para enfrentar o Real Garcilaso no seu jogo de estreia na Copa Libertadores. Depois, no domingo (4), receberá o Corinthians em clássico marcado para o estádio do Pacaembu, em São Paulo, e válido pelo torneio estadual.

Por isso, o jogo contra o Santo André é visto como um teste importante antes destes confrontos. E ele será disputado após o time superar São Caetano e São Paulo, resultados que trouxeram tranquilidade ao Santos e referendaram o trabalho que o técnico Jair Ventura vem realizando no clube neste início de temporada.

Jair Ventura, aliás, fechou a maior parte dos treinamentos nesta semana, dificultando a revelação de qual será a escalação do Santos para o duelo contra Santo André. A tendência, porém, é que o treinador mantenha a base do time que superou o São Paulo no último domingo, com exceção de problemas por lesão ou suspensão.

É o caso do atacante colombiano Jonathan Copete. Ele reclama de dores na coxa direita e não deverá ter condições de enfrentar o Santo André - além disso, Jair Ventura não vai correr o risco de escalar um jogador considerado titular absoluto fora das condições ideais às vésperas da estreia na Libertadores. Assim, a sua vaga no setor ofensivo será ocupada por Arthur Gomes.

Além disso, Jair Ventura volta a contar com a dupla de zaga que tem status de titular desde a temporada de 2017. Embora Gustavo Henrique tenha sido seguro no clássico contra o São Paulo, David Braz é uma das referências do elenco e retornará ao time após cumprir suspensão automática para atuar ao lado de Lucas Veríssimo. Com eles juntos, inclusive, o Santos não foi vazado nos dois jogos que fez em 2018.

A proximidade dos duelos com Real Garcilaso e Corinthians pode levar a Jair Ventura a adotar a cautela e poupar algum titular. O atacante Gabriel Barbosa, o Gabigol, por exemplo está pendurado com dois cartões amarelos, mas precisa de ritmo de jogo após disputar apenas 15 partidas em um ano e meio no futebol europeu. E como o recém-contratado Dodô pouco treinou no novo clube, o meia Jean Mota continuará sendo improvisado na lateral esquerda.

Jair Ventura tem adotado o discurso de que pensa em um compromisso de cada vez e ainda não está com a passagem à segunda fase encaminhada, pois tem apenas três pontos de vantagem para Botafogo, de Ribeirão Preto (SP), e Red Bull Brasil, segundo e terceiro colocado, respectivamente da sua chave. Assim, o Santos deve mesmo contar com força máxima para encarar o Santo André e ampliar a sequência de vitórias, chegando embalado para os compromissos mais importantes até agora de 2018.

Além do caráter de "teste", a partida contra o Santo André também será de reencontros. Afinal, no time do ABC, que luta contra o rebaixamento no Paulistão, o zagueiro Domingos vai se reencontrar com o Santos, atuando pela primeira vez na Vila Belmiro como visitante. Além dele, o Santo André também conta na sua formação titular com o volante Adriano e o atacante Walterson, que também defenderam o clube da Baixada Santista.

Veja Mais