Santos é goleado pelo Internacional e da adeus a Copinha

Sonho do tetracampeonato santista parou nas quartas de final da competição

18/01/2018 - 20:24 - Atualizado em 18/01/2018 - 21:17

Calabres dominando a bola (Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC)

Sob os olhares do técnico da equipe profissional, Jair Ventura, que viajou de Lins a Franca para acompanhar a partida, o Santos fez a sua pior apresentação na Copa São Paulo de Juniores, nesta quinta (dia 18) à noite, no estádio Doutor José Lancha Filho. Irreconhecível em campo, o time foi goleado pelo Internacional por 4 a 0, pelas quartas de final, dando adeus ao sonho do tetracampeonato.

O Internacional dominou as ações ofensivas desde o início do jogo e foi criando várias chances de gol. Aos 13 minutos, Vinicius cruzou da esquerda, a bola bateu no travessão e sobrou para Brenner, que cabeceou para fora.

Envolvido pela equipe gaúcha, o Santos não se encontrava em campo. Além de dar espaço para que o Colorado criasse jogadas de perigo ao gol de Renan, o time também era inoperante no ataque. O meia Gabriel Calabres e o atacante Walison Madalena, destaques do time no torneio, não apareceram na partida.

Jogando fácil, o Inter perdeu boa chance aos 24. Brenner escapou pela direita e cruzou da linha de fundo, mas Richard mandou de cabeça para fora. Um minuto depois, no entanto, o próprio Richard fez 1 a 0, após novo cruzamento na área. A zaga não subiu e ele tocou de cabeça para vencer Renan.

Aos 37, a equipe gaúcha fez 2 a 0, com Neto. Ele foi lançado pela direita e arrancou em velocidade para a área, tocando por cobertura, na saída de Renan. A bola ainda tocou no travessão antes de entrar. Perdido em campo, o Santos quase levou o terceiro, aos 40. Roberto bateu da entrada da área e a bola passou raspando a trave esquerda. 

Dois vira, quatro acaba 

O técnico Aarão Alves fez três mudanças no intervalo, na tentativa de buscar uma reação. Saíram Madalena, Rhuan e Tailson para as entradas, respectivamente, de Kaio Jorge, Sandry e Alexandre Tam.

E no início da etapa final, o Alvinegro até ensaiou uma blitz na área do Inter. A melhor chance de diminuir a vantagem colorada foi aos 9 minutos, quando Alexandre Tam bateu de fora da área e a bola passou perto do gol de Carlos Miguel. 

Aos 10, porém, o time gaúcho despejou um balde de água fria no ânimo santista. Richard escapou pela esquerda e cruzou para Brenner completar para o gol e fazer o terceiro, aproveitando novo vacilo da dupla de zaga do Santos.

O quarto gol do Inter sairia após um erro do juiz, que marcou um pênalti inexistente de Calabres, aos 34. A bola bateu no cotovelo do meia, mas o árbitro viu bola no braço e ainda expulsou Calabres, que já tinha cartão amarelo. Richard cobrou e converteu, aos 35.

Kaio Jorge desperdiçou a oportunidade de diminuir o vexame, ao chutar para fora, aos 38. Com a vitória, o Inter vai enfrentar o São Paulo numa das semifinais da Copinha. A outra semifinal será definida nesta sexta-feira. O Palmeiras enfrenta a Portuguesa, às 19h20, Pacaembu, enquanto o Flamengo pega o Avaí, às 21h30, na Arena Barueri. 

Veja Mais