Ricciardo desbanca Hamilton e lidera 2º treino livre no México

Piloto inglês vai buscar mais uma pole para tentar garantir o título na prova de domingo

27/10/2017 - 22:05 - Atualizado em 27/10/2017 - 22:19

Australiano Daniel Ricciardo liderou com o tempo de 1min17s801 (Foto: Yuri Cortez/AFP)

Após ser superado pelo finlandês Valtteri Bottas no primeiro treino livre, o inglês Lewis Hamilton foi desbancado pelo australiano Daniel Ricciardo na segunda sessão do GP do México de Fórmula 1, nesta sexta-feira (27). O piloto da Mercedes pode confirmar o tetracampeonato na corrida deste domingo, no Autódromo Hermanos Rodríguez.

O treino foi marcado por muitas derrapagens na pista, sem maior aderência, e pelo equilíbrio entre os mais rápidos. Menos de meio segundo separou o primeiro do sexto colocado na tabela de tempos. Somente entre os três primeiros a diferença foi de apenas 0s163.

Ricciardo, da Red Bull, liderou a sessão com o tempo de 1min17s801, enquanto Hamilton anotou 1min17s932. Ambos usaram os pneus ultramacios, os mais rápidos disponíveis para este GP. A terceira posição ficou com o holandês Max Verstappen, também da Red Bull, com 1min17s964.

Único que pode impedir o título de Hamilton no domingo, o alemão Sebastian Vettel registrou o quarto tempo, com 1min18s051. O piloto da Ferrari demonstrou dificuldade nesta sexta, com seguidas derrapagens na pista e até saídas do traçado. Vettel precisa chegar em primeiro ou segundo para tentar evitar o tetra do inglês, que só precisa de um quinto lugar para comemorar. 

O finlandês Kimi Raikkonen, da Ferrari, fechou o Top 5, com 1min18s142, deixando para trás o compatriota Valtteri Bottas, da Mercedes. O companheiro de Hamilton foi apenas o sexto colocado, após liderar a primeira sessão do dia, com o tempo de 1min18s299. 

Destaque na sessão de abertura do GP, o espanhol Fernando Alonso manteve o ritmo e cravou o sétimo tempo, com 1min18s508. Desta vez, a McLaren teve poucos motivos para se preocupar porque o belga Stoffel Vandoorne pôde ir para a pista, depois de problemas no motor, e anotou o 15º tempo (1min19s844).

O Top 10 teve ainda o local Sergio Pérez (Force India), no oitavo posto, com 1min18s728. O alemão Nico Hülkenberg (Renault) foi o nono mais veloz da sessão, com 1min18s775. E o francês Esteban Ocon (Force India), marcou a 10ª posição, com 1min18s822.

O brasileiro Felipe Massa caiu de rendimento em comparação ao treino inicial. Nono mais veloz no começo do dia, o piloto da Williams foi o 12º na segunda sessão, com 1min19s206.

Além de derrapagens na pista, o treino contou com uma bandeira vermelha nos primeiros 15 minutos em razão de uma rodada do francês Romain Grosjean. Na sequência, o pneu traseiro esquerdo de sua Haas estourou. Ao mesmo tempo, pedaços de sua suspensão dianteira se soltaram, espalhando detritos pela pista e forçando a paralisação da atividade. 

Os pilotos voltam à pista às 13 horas deste sábado (horário de Brasília) para o terceiro treino livre. A classificação será disputada na sequência, às 16 horas. No domingo, a corrida terá largada neste mesmo horário.

Veja Mais