Renato, sobre rebaixamento do Grêmio: "mais fácil o mar secar"

Treinador detona calendário e diz que time vai se acertar no Gauchão

18/02/2018 - 14:48 - Atualizado em 18/02/2018 - 14:54

Calendário, o inimigo de Renato (Getty Images)

O técnico Renato Gaúcho minimizou o péssimo momento do Grêmio no Campeonato Gaúcho. A derrota para o Veranópolis por 2 a 1 na noite de sábado deixou a equipe na zona de rebaixamento da competição. Nada que preocupe muito o treinador.

Ao ser questionado sobre se há risco de o time tricolor cair para a segunda decisão do Estadual, ele disse: "É mais fácil o mar secar. Risco tem até quando se joga na loto. O Grêmio classificará. Infelizmente, este é o preço que se paga por ganhar a Libertadores e disputar o Mundial", afirmou.

O Grêmio entrou em campo com um time reserva contra o Veranópolis. E perdeu o quinto jogo em sete disputados no Gauchão. O resultado deixou a equipe em penúltimo lugar na tabela de classificação, com quatro pontos. O time, no entanto, está a apenas três do Cruzeiro-RS, o oitavo colocado e dentro do grupo que vai à próxima fase.

"Vocês querem que o Grêmio volte no dia 18 (de janeiro), treine um pouquinho e jogue. Jogue também a Recopa. Ninguém faz milagre. O Grêmio vai classificar, não tenho dúvida, mas isso é culpa nossa por termos ido jogar em Abu Dhabi."

Além de criticar o calendário, o treinador também avisou que mandará a campo novamente uma formação reserva no duelo contra o Novo Hamburgo, no próximo sábado, na Arena, em Porto Alegre, pela oitava rodada do Gauchão. O adversário é justamente o lanterna da tabela, com dois pontos. 

"Na quarta, temos nova decisão de título. No sábado, será basicamente esta equipe que jogou", finalizou. O Grêmio volta a campo na próxima quarta-feira, contra o Independiente, em Porto Alegre, no jogo de volta da Recopa Sul-Americana. A primeira partida terminou empatada em 1 a 1. Se houver novo empate, a decisão vai para os pênaltis.

Veja Mais