Palmeiras recebe Novorizontino em busca da melhor campanha

Time de Roger Machado joga com grande vantagem para confirmar a classificação às semifinais

21/03/2018 - 10:26 - Atualizado em 21/03/2018 - 10:30

Palmeiras tem classificação encaminhada (Foto: Cesar Greco/Ag Palmeiras)

Dois objetivos motivam o Palmeiras para a partida com o Novorizontino, nesta quarta-feira, às 21h45, no Allianz Parque. O time do técnico Roger Machado joga com grande vantagem para confirmar a classificação às semifinais do Campeonato Paulista e em busca de uma vitória para garantir a melhor campanha geral e a vantagem de poder decidir em casa nas etapas seguintes.

Os 3 a 0 aplicados no confronto de ida, sábado, em Novo Horizonte, não deixaram o time acomodado. Roger cobrou empenho do elenco nos últimos dias e até realizaria um treino fechado na véspera. O temporal desta terça-feira em São Paulo alagou os campos da Academia de Futebol e forçaram o cancelamento da atividade.

O problema com a chuva impediu o Palmeiras de fazer um trabalho específico para o jogo. O elenco passou a tarde na musculação. O contratempo mantém o suspense na escalação, principalmente na definição do ataque. Borja está com a seleção colombiana e deve dar lugar a Willian. A mudança abre espaço para Keno assumir a titularidade na ponta direita. No gol, com Jailson suspenso, Fernando Prass deve ganhar chance novamente.

Se confirmar o favoritismo e derrotar pela segunda vez o Novorizontino, o Palmeiras assegura a melhor campanha geral do Estadual. O feito garante a vantagem de jogar como mandante a segunda partida de uma possível semifinal e também de uma decisão, pois o clube não conseguirá ser alcançado por nenhum outro adversário. “Temos algumas metas traçadas. Não podemos perder pontos, que é para ter esse objetivo de jogar o último jogo no Allianz Parque”, disse o zagueiro Antônio Carlos.

Após uma classificação heroica na primeira fase, o Novorizontino chegou confiante para as quartas de final. O que o clube não esperava era perder por 3 a 0 já no primeiro jogo para o Palmeiras, atuando no estádio Jorge Ismael de Biasi. Agora a missão ficou praticamente impossível: golear o rival por quatro gols de diferença no Allianz Parque.

"Nossa campanha antes da classificação foi regular. Agora pegamos um dos elencos mais fortes do Brasil e perdemos. Mas no futebol nunca se deve desistir de um objetivo" disse o técnico Doriva, que espera corrigir alguns erros vistos no primeiro confronto. 

Antes da derrota em casa, o time do interior vinha de três vitórias consecutivas, tomou a segunda posição do Grupo C e ainda bateu o Santos por 3 a 1 na última rodada, entrando cheio de confiança para as quartas. Mas o que se viu em campo diante do Palmeiras foi um time com muitos erros de finalização e falhas na marcação.

Doriva pode se despedir do clube nesta quarta-feira. Ele já estaria apalavrado para ser o novo treinador da Ponte Preta para a Série B do Campeonato Brasileiro, mas só viaja para Campinas após o fim do Campeonato Paulista ou até o Novorizontino ser eliminado. Nesta terça-feira, Willian Sander deixou o Rio Branco e acertou com o clube de Novo Horizonte, provavelmente para ser o seu substituto. Para tentar o milagre na capital, o time deve ser repetido, em uma demonstração de que o técnico deu moral aos seus jogadores.

Veja Mais