No Rio de Janeiro, campeão Corinthians joga contra um frustrado Flamengo

Equipe de Carille apostou na base e não gastou fortunas, enquanto Mengo fez contratações caras

19/11/2017 - 09:44 - Atualizado em 19/11/2017 - 15:57

Flamengo e Corinthians irão se enfrentar neste domingo (Foto: Miguel Schincariol/Folhapress/Arquivo)

O Corinthians enfrenta o Flamengo neste domingo (19), às 17 horas, no estádio Luso-Brasileiro, no Rio de Janeiro, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro, em um confronto que serve para demonstrar que nem sempre ter dinheiro e fazer contratações milionárias é sinal de sucesso. Vide o atual campeão, que apostou na base, em reforços com histórico no clube e sem custar fortunas, ao contrário do rival carioca, que montou uma seleção no papel que não deu o retorno esperado em campo.

Dos 33 jogadores campeões brasileiros, 14 deles vieram da base. Entre eles, três titulares absolutos - Fagner, Guilherme Arana e Jô - e mais dois que participaram de muitos jogos - Pedro Henrique e Maycon.

O clube também buscou dois jogadores com passagens marcantes pelo clube, casos de Jô e Jadson. Ambos chegaram desacreditados e tiveram grande importância ao longo do campeonato. O atacante é o artilheiro do Brasileirão com 18 gols, enquanto que o meia teve um bom desempenho no primeiro turno e caiu na segunda parte do campeonato.

Taticamente, o técnico Fábio Carille também não se rendeu à pressão para mexer na formação da equipe e jamais abriu mão de seu 4-5-1, padrão tático adotado pelo time desde os tempos de Tite. Mudanças apenas de jogadores. Clayson ganhou a vaga de Jadson e Camacho a de Maycon.

Por outro lado, o Flamengo coleciona decepções no ano. Apesar do título do Campeonato Carioca, o ano tem sido de lamentação para os torcedores rubro-negros. Everton Ribeiro custou R$ 22 milhões e Diego saiu por R$ 5 milhões, dentre outros atletas. Ambos recebem cerca de R$ 1 milhão por mês, assim como Guerrero e Geuvânio. O zagueiro Rhodolfo chegou por R$ 4 milhões e também tem um salário elevado.

Este elenco recheado de estrelas não engrenou na mão do técnico Zé Ricardo, que conquistou o Estadual, mas não teve vida longa no Brasileirão e viu o time cair na fase de grupos da Copa Libertadores. Chegou o colombiano Reinaldo Rueda, mudou o esquema tático, fez mudanças na equipe e os resultados ainda não empolgam a torcida rubro-negra.

Neste domingo, o clima no estádio será de pressão em cima dos flamenguistas. Os jogadores foram cobrados pelos torcedores no retorno ao Rio de Janeiro após a derrota para o Coritiba, na última quinta-feira. Do outro lado, o Corinthians é só festa e o principal objetivo no jogo é auxiliar Jô a consolidar a sua artilharia no Brasileirão. Ele inicia a rodada sendo o líder no quesito com um gols a mais que Henrique Dourado, do Fluminense.

Veja Mais