"Não temos direito de pensar em Libertadores', diz Dorival ao pedir foco

O técnico pediu "pés no chão" para que o time se garanta na Série A antes de pensar em outros objetivos

05/11/2017 - 09:14 - Atualizado em 05/11/2017 - 09:32

Dorival Junior durante duelo de São Paulo com Atlético-GO (Foto: Adalberto Marques/Folhapress)

Após ver o São Paulo derrotar o Atlético-GO por 1 a 0, na noite deste sábado (4), em Goiânia, o técnico Dorival Junior pediu "pés no chão" para que o time se garanta na Série A do ano que vem, antes de pensar em outros objetivos no Campeonato Brasileiro, como uma vaga na Libertadores. O treinador pede foco total na busca pelos 47 pontos que livrariam o clube do risco de rebaixamento.

"O torcedor tem todo direito de pensar o que quiser, quem não tem o direito somos nós. Temos de ir lutando pelo resultado seguinte e imaginar sempre que nossa situação ainda não alterou" afirmou Dorival, após a vitória por 1 a 0 sobre o Atlético-GO no último sábado. "Ter essa certeza e o comprometimento de fazer o melhor possível. A posição que chegaremos, para mim não importante, importa esses 47 pontos."

Dorival elogiou a postura da equipe e diz ver resultados de um processo de evolução que vinha sendo construído. "Não conseguíamos regularidade, mas houve uma evolução muito grande. Vínhamos evoluindo. Poucas pessoas percebiam isso, mas era nítido. Fico feliz agora, houve uma mudança comportamental, equipe estruturada, e respondendo a todo momento taticamente, jogando com tranquilidade, posse de bola e com regularidade e segurança." 

O treinador também exaltou a torcida do São Paulo, que compareceu em peso ao estádio Serra Dourada na noite deste sábado. "A torcida tem de ser mostrada, exaltada. Porque quando tem cena de violência, é sempre mostrado, e agora teria que ser mostrado também. Porque isso é o início de uma mudança de comportamento de torcedor. Computo ao torcedor a nossa recuperação", ressaltou.

O São Paulo volta a campo na próxima quinta, para enfrentar a Chapecoense pela 33ª rodada do Brasileirão no estádio do Pacaembu. Com 43 pontos, a equipe está na nona posição da tabela e só pode ser ultrapassada ainda nesta rodada pelo Atlético-PR, que tem um ponto a menos e joga neste domingo contra o Cruzeiro.

Veja Mais