Lucas di Grassi se envolve em acidente com 12 carros em prova

Brasileiro, que já disputou a Fórmula 1, não se feriu e comentou o engavetamento

18/11/2017 - 19:37 - Atualizado em 18/11/2017 - 20:29

Brasileiro não se feriu no acidente e deu entrevista normalmente após a batida (Foto: Divulgação)


O piloto paulistano Lucas di Grassi, de 33 anos, se envolveu em um acidente com 12 carros no Circuito da Guia, tradicional prova de fim de ano em Macau, região administrativa da China. O problema teve início quando espanhol Daniel Juncadella parou no muro com a sua Mercedes. Os pilotos que vieram atrás não conseguiram evitar as batidas subsequentes. O brasileiro ainda teve o seu Audi R8 LMS inclinado para o alto.

Laurens Vanthoor, Fabian Plentz, Felix Rosenqvist, Marco Wittmann, Markus Pommer, Mirko Bortolotti, Nico Müller, Renge Van der Zande, Romain Dumas e Tom Blomqvist também participaram desse engavetamento.

"Eu estava totalmente cego. Eu vim pela curva e estava muito perto de Markus (Pommer), e então eu bati nele. Então Wittmann me bateu nas costas e então era como estar espremido. Meu carro estava subindo e subindo. Não havia nada que eu pudesse fazer. Acabei no teto do carro de Marco. Depois que ele saltou para fora, eu tive que pular em seu carro e depois no chão", declarou o brasileiro, que chegou a disputar a Fórmula 1, em 2010 pela Virgin Racing, ao site Motorsport.com. 

Após essa sequência de batidas, a prova foi interrompida por 30 minutos, até que o local do acidente fosse liberado. O italiano Edoardo Mortara foi o vencedor, apenas 1s566 à frente do brasileiro Augusto Farfus. Raffaelle Marciello foi o terceiro, seguido por Robin Frinjs e Chaz Mostert. A Copa do Mundo do FIA GT terá a largada de sua corrida decisiva na madrugada deste domingo, às 2h10m (horário de Brasília).

Veja Mais