Liberado para correr em Spa, Massa revela vertigem na Hungria

Piloto brasileiro da Williams fala da conversa com os médicos e da melhora do estado de saúde

24/08/2017 - 19:54 - Atualizado em 24/08/2017 - 20:00

Liberado para disputar o GP da Bélgica de Fórmula 1, Felipe Massa revelou nesta quinta-feira que foi uma vertigem que o tirou da corrida anterior, na Hungria, no mês passado. O piloto brasileiro competirá normalmente neste fim de semana, no tradicional circuito de Spa-Francorchamps. 

"Agora eu me sinto bem, me sinto pronto para voltar ao carro. Eu havia sentido um pouco de tontura naquele fim de semana. Vertigem é o nome do que eu senti, foi a primeira vez que isso aconteceu. Foi uma sensação estranha e, infelizmente, ocorreu justamente num fim de semana de corrida", disse o piloto da Williams.

Massa afirmou que a sensação também aconteceu quando estava fora do carro. "Eu tive a vertigem também quando eu estava fora do carro, deitado, por exemplo. Dentro do carro, também senti, claro, principalmente por causa das forças G. Então eu parei o carro, disse o que estava sentindo e achamos que não seria uma boa ideia participar da corrida. Junto aos médicos, decidi que não estava bem para pilotar", contou. 

O brasileiro admitiu que foi estranho assistir à corrida diante da televisão, em sua casa. Isso não acontecia desde 2009, quando perdeu seguidas etapas daquela temporada após sofrer acidente justamente no treino da Hungria. "Voltei para casa, em Mônaco, e assisti à corrida de casa. Foi um pouco estranho, para ser honesto. Mas foi interessante ver a corrida assim. Com certeza eu preferia estar no carro", declarou.

Na última etapa antes do recesso de verão europeu, Massa foi substituído por Paul Di Resta, escocês que é o piloto reserva da Williams. Recuperado, o brasileiro retomará seu posto a partir dos treinos livres desta sexta-feira.

Veja Mais