Entrega dos kits do 33º 10 KM Tribuna FM-Unilus começa nesta quinta

Participantes podem retirar os kits a partir do meio-dia na Academia Unilus, na Rua 28 de Setembro

16/05/2018 - 17:27 - Atualizado em 16/05/2018 - 17:34

A 33ª edição dos 10KM Tribuna FM-Unilus acontece neste domingo, com largadas a partir das 7h50
(Foto: Douglas Aby Saber)

Está chegando a hora. A entrega dos kits do 33º 10 KM Tribuna FM-Unilus começa nesta quinta-feira (17), ao meio-dia, na Academia Unilus, à Rua 28 de Setembro, 233, no bairro do Macuco. A retirada poderá ser feita até sábado e a organização alerta que no domingo não será entregue o material, exceto para as categorias especiais. Nos dois primeiros dias, o horário de funcionamento será das 12h às 21h, enquanto que no sábado, véspera da prova, das 9 às 18h.

Cada atleta receberá o material em sacola personalizada, com o número de peito com o chip de cronometragem fixado no verso, uma das novidades neste ano, dispensando a colocação no tênis, além de garantir que não exista troca ou possível troca. Também o Guia 10 KM, que este ano traz uma entrevista especial com o hexacampeão Marilson Gomes dos Santos e informações sobre a disputa, além de camiseta do evento (cortesia da organização).

A organização alerta que é obrigatório apresentar o documento de identidade original do atleta mais comprovante de inscrição e/ou boleto pago para a retirada do kit. A entrega dos kits das categorias especiais (cadeirantes, deficientes físicos e visuais) será realizada única e exclusivamente no dia da prova, das 6h30 às 7h20, no acesso da área de largada, na Rua Dom Pedro II.

Já os atletas inscritos como idosos, ou seja com mais de 60 anos, deverão retirar seus kits pessoalmente, em guichê exclusivo na Academia Unilus, de quinta a sábado. Não haverá entrega desse material a terceiros em hipótese alguma. A medida visa coibir possíveis fraudes, como cópia de número de peito e utilização indevida do numeral de idoso, como formas de burlar a inscrição, práticas que serão penalizadas, conforme prevê o regulamento.

Faixa holográfica 

Outra importante novidade nesta edição é que os números de peito terão uma faixa holográfica e uma marca invisível, só vista com luz negra, também como uma medida mais eficaz para evitar que pessoas larguem com números falsos. Os fiscais estarão posicionados nas entradas das áreas de concentração com lanterna especial, verificado a veracidade do numeral, também para evitar alguma ilegalidade.

“Toda a prova é dimensionada para o número oficial de inscritos, sobretudo hidratação. Nos preocupamos com a área médica, segurança. Portanto estamos sendo mais rigorosos contra fraudes, para que os atletas inscritos corram com mais conforto”, afirma o diretor-presidente de A Tribuna, Marcos Clemente Santini, ressaltando que também será realizada a fiscalização com imagens no percurso, para identificar possíveis duplicidades de números.

Doação de tênis usados 

Ainda nos três dias da retirada dos kits, os atletas poderão realizar uma ação social, doando os tênis que não utilizam mais, para a entrega ao Fundo Social de Solidariedade de Santos. A prova terá seu início na Rua João Pessoa, no Centro, e a chegada na Praça das Bandeiras, na Praia do Gonzaga. Para facilitar o fluxo nos primeiros quilômetros, serão realizadas largadas “em ondas”, ou seja, divididas em vários horários.

Os cadeirantes competidores, cadeirantes com um condutor, deficientes físicos e visuais começam a prova às 7h50. A elite A terá início às 7h58 e dois minutos depois, o Pelotão da Igualdade, mais uma inovação na prova, com atletas sendo conduzidos por voluntários. Os atletas da elite A masculina, o Pelotão Premium e a elite B começam a correr às 8h13. Depois, virão as largadas amadoras, com o primeiro pelotão, às 8h15, o segundo, às 8h35 e o terceiro, junto com cadeirantes com um ou múltiplos condutores e os caminhantes, a partir das 8h45.

 

Veja Mais