Eliana Pinheiro fatura a categoria principiante 35+

Título veio com a vitória sobre Marcela Alípio, do Clube Internacional de Regatas, por 2 sets 0

18/10/2017 - 11:30 - Atualizado em 18/10/2017 - 11:36

Eliane Pinheiro venceu Marcela Alípio e faturou título (Foto: Irandy Ribas/AT)

Com direito a torcida organizada do Centro Santista de Tênis, Eliana Pinheiro venceu na noite de terça (17) a categoria principiante feminino 35+ do 58º Torneio A Tribuna de Tênis. O título veio com a vitória sobre Marcela Alípio, do Clube Internacional de Regatas, por 2 sets 0 (duplo 6/2), em jogo disputado no Tênis Clube de Santos. 

A decisão reuniu duas estreantes em torneios. De Brasília e morando em Santos há um ano e meio, Eliana Pinheiro, de 57 anos, começou a jogar tênis aos 42. “Eu jogava vôlei, esporte que você precisa de um time pra jogar. Conhecia um ou outro que jogava tênis e um dia, marcaram uma aula para mim. Fui e amei”, revelou.

Empolgada com a amizade que fez com a turma do Centro Santista de Tênis, no Boqueirão, Eliana decidiu participar do Torneio A Tribuna. E ontem fez a festa com a sua “segunda família”, que vibrou muito com a conquista. 

“O tênis é espetacular, é a minha meditação, na quadra você esquece o resto. Foi emocionante jogar o torneio, porque o pessoal do Centro Santista vem em peso assistir e dá muita força. Todas as adversárias eram bem mais jovens e eu, com 57, chegando em todas as bolas, foi maravilhoso! A organização está excelente, o pessoal nos recebeu muito bem e o torneio é uma forma de integração entre as pessoas da Baixada Santista. Adorei!”, comentou a campeã. 


Retomada

Integrante de uma família que tem o tênis no sangue, Marcela, 45, casada com Paulo Alípio, começou a jogar tênis aos 33, quando morava nos Estados Unidos. Jogou dois anos e, após um hiato de 10 anos, voltou há dois meses. 

“Disse pro Paulo treinar comigo, porque as crianças estavam no torneio e ia ser divertido disputar também. Mas era treino de meia hora, quarenta minutos, pois tinha que trabalhar. Acho até que fui bem”, disse Marcela. 

Feliz pelos elogios que recebeu do técnico/marido por ter ido à final, Marcela também se mostra realizada com o envolvimento dos filhos no esporte. Rodrigo, 12, e Lucas, 7, já formam a nova geração dos Alípio em quadra. 

Veja Mais