Dorival comanda treino de finalizações em atividade fechada no São Paulo

Tricolor volta a enfrentar ambiente de tensão depois da derrota para o Fluminense

20/10/2017 - 20:34 - Atualizado em 20/10/2017 - 20:44

Com portões fechados e em clima de tensão após a derrota por 3 a 1 para o Fluminense, na última quarta-feira (18), o São Paulo realizou nesta sexta-feira (20) um treino de finalizações no CT da Barra Funda. O time se prepara para enfrentar o Flamengo, no domingo, pela 30ª rodada do Brasileirão.

Na primeira parte da atividade, o grupo foi dividido em dois times que duelavam entre si e testavam finalização e pontaria em "mini-gols" posicionados no gramado. A segunda parte da atividade foi restrita aos atletas que não começaram jogando o duelo da última quarta, assim como o primeiro treino depois da derrota, ainda no Rio. Poupados da segunda metade do treino no campo, os titulares fizeram trabalho regenerativo no Reffis do clube. 

Sem desfalques por suspensão, Dorival tem a opção de manter o time que já joga há duas rodadas. O time tem Sidão; Militão, Rodrigo Caio, Arboleda e Júnior Tavares; Petros, Hernanes, Cueva Marcos Guilherme e Lucas Fernandes; Lucas Pratto. Porém, mudanças podem acontecer, já que a atuação no Maracanã foi bastante criticada, inclusive dentro do grupo.

Quem pode perder espaço é o meia Lucas Fernandes, que vem rendendo menos que o esperado. Maicosuel e Shaylon são opções. O lateral-esquerdo Júnior Tavares também vem sendo criticado por recentes erros, como no lance do primeiro pênalti a favor do Fluminense na quarta-feira. Edimar é o substituto da posição.

Com 34 pontos em 29 jogos, o São Paulo ocupa a 15ª colocação no Campeonato Brasileiro. Os flamenguistas estão no sexto lugar, com 46 pontos. Antes de encarar os cariocas, o São Paulo terá dois dias de ajustes no Centro de Treinamento da Barra Funda, nesta sexta e sábado, com portões fechados.

Veja Mais