Dembélé recebe alta dos médicos e está liberado para reforçar o Barcelona

Meia francês se lesionou em setembro de 2017, contra o Getafe, no início da temporada

02/01/2018 - 18:19 - Atualizado em 02/01/2018 - 18:57

Equipe médica liberou o meia para jogar
(Foto: Getty Images)

O ano de 2018 começou com uma excelente notícia ao Barcelona. Quase três meses e meio depois de sofrer uma ruptura no tendão do bíceps femoral do músculo esquerdo, o atacante Ousmane Dembélé recebeu alta médica nesta terça-feira.

O francês, assim, está liberado para reforçar o Barcelona nas próximas partidas. A expectativa é se ele terá condições de ser aproveitado já nesta quinta, quando o Barcelona encara o Celta fora de casa, no confronto de ida das oitavas de final da Copa do Rei.

Contratado do Borussia Dortmund por 105 milhões de euros (R$ 412 50 milhões na cotação atual), além de outros bônus variáveis que podem fazer a transação chegar a 147 milhões de euros (R$ 577,50 milhões), Dembélé chegou como aposta para substituir o brasileiro Neymar, negociado ao Paris Saint-Germain.

O início em seu novo clube, contudo, foi complicado. Na partida de 16 de setembro contra o Getafe, ainda no início da temporada, pelo Campeonato Espanhol, o atacante de 20 anos sofreu a lesão e passou por uma cirurgia, realizada na Finlândia.

Em 6 de dezembro, por sua vez, ele foi liberado para treinar com o restante do grupo. E, após quase um mês de condicionamento, está apto para reforçar o Barcelona, líder do Campeonato Espanhol com nove pontos de vantagem sobre o vice Atlético de Madrid (45 a 36), após 17 rodadas.

Veja Mais