City ganha no fim e segue 100%; Napoli faz 3 a 0 e segue vivo

Time inglês jogou em Manchester e atingiu 15 pontos em 5 partidas disputadas

21/11/2017 - 20:21 - Atualizado em 21/11/2017 - 20:57

City (de azul) já garantiu a liderança do Grupo F (Foto:

Paul Ellis/AFP)

As emoções do dois jogos pela quinta rodada do Grupo F da Liga dos Campeões, nesta terça-feira (21), ficaram todas para o segundo tempo. Com um gol nos últimos minutos, o líder Manchester City bateu em casa o lanterna Feyenoord por 1 a 0 e segue com 100% de aproveitamento - é o único da competição. Na Itália, o Napoli derrotou o Shakhtar Donetsk por 3 a 0 e segue vivo na luta pela classificação às oitavas de final.

Com 15 pontos em cinco jogos, o Manchester City continua imbatível e já até assegurou a primeira colocação do grupo. O Shakhtar Donetsk aparece em segundo lugar com nove pontos, três à frente do Napoli. O Feyenoord, sem pontuar, já está eliminado e não tem chances nem de classificação à Liga Europa como terceiro colocado da chave.

Assim, a sexta e última rodada da chave, marcada para o dia 6 de dezembro, servirá para definir o segundo classificado às oitavas de final da Liga dos Campeões. O Shakhtar Donetsk receberá o Manchester City, em Kharkiv, e um empate basta. Pode até perder, mas aí terá de torcer para o Napoli não ganhar do Feyenoord, na Holanda. Caso terminem empatados em pontos, os italianos avançarão por terem vencido o confronto direto contra os ucranianos nesta fase de grupos.

No Etihad Stadium, em Manchester, o Manchester City sofreu muito com a postura extremamente defensiva do Feyenoord. Como era esperado, a posse de bola inglesa ficou sempre acima de 60% e o goleiro brasileiro Ederson não teve muito trabalho na partida, já que os holandeses pouco atacavam. Assim, o time comandado pelo técnico espanhol Pep Guardiola e martelou bastante até conseguir o gol aos 43 minutos do segundo tempo. Sterling recebeu passe de Guendogan e bateu na saída do goleiro Bradley Jones.

Na Itália, o jogo mostrou um equilíbrio de forças no primeiro tempo. Napoli e Shakhtar Donetsk buscaram o ataque em jogadas de velocidade, mas pouco importunaram os goleiros. Precisando muito da vitória, os italianos foram mais incisivos na segunda etapa e conseguiram a vitória com os gols do atacante local Insigne, aos 11 minutos, do volante polonês Zielinski, aos 34, e do atacante belga Mertens, aos 36.

Leipzig arrasador

O RB Leipzig foi arrasador para manter viva a esperança de ir às oitavas de final da Liga dos Campeões. Mesmo atuando fora de casa, no principado, a equipe alemã goleou o Monaco por 4 a 1 e agora definirá seu destino na competição europeia na última rodada.

O problema é que o RB Leipzig não depende apenas de si para ser o segundo classificado do Grupo G - o Besiktas já passou como líder da chave. O time alemão tem os mesmos sete pontos do segundo colocado Porto, mas com desvantagem no primeiro critério de desempate, o confronto direto.

Por isso, para ir às oitavas, o RB Leipzig precisa derrotar o Besiktas em casa, dia 6 de dezembro, e torcer para o Porto tropeçar no já eliminado Monaco, em Portugal, na mesma data.

O Monaco entrou em campo nesta terça precisando da vitória para se manter vivo, mas saiu atrás logo no início, aos cinco minutos graças ao erro de um brasileiro. Sabitzer avançou pela direita e cruzou. O zagueiro Jemerson tentou cortar, mas jogou contra o próprio gol.

Em dia para esquecer, o mesmo Jemerson errou passe apenas três minutos depois, Kevin Kampl aproveitou e tocou para Timo Werner marcar o segundo. Werner apareceu novamente aos 30 minutos para marcar o terceiro, em cobrança de pênalti.

Com o confronto praticamente definido, o RB Leipzig relaxou e viu Falcao García diminuir aos 42, de cabeça, após falta cobrada pela esquerda. Mas dois minutos depois, Naby Keita recebeu de Halstenberg, girou como quis sobre a defesa e tocou com categoria para selar o placa

r.

Veja Mais