BID da CBF tem contrato de treinadora registrado pela primeira vez

A pioneira no registro se chama Nilmara Alves Pinto e trabalha para o Manthiqueira, de Guaratinguetá

18/01/2018 - 19:09 - Atualizado em 18/01/2018 - 19:53

Nilmara já exerceu várias funções no clube
(Foto: Manthiqueira/Divulgação)

O Boletim Informativo Diário (BID) da CBF registrou nesta quinta-feira o primeiro contrato de uma treinadora. A responsável pelo acontecimento foi Nilmara Alves Pinto, técnica do Manthiqueira, clube de Guaratinguetá, em São Paulo, que subiu para a Série A3 do Campeonato Paulista na temporada passada.

Desde abril do ano passado, o Departamento de Registro, Transferência e Licenciamento de Clubes da CBF passou a registrar os contratos dos técnicos do futebol brasileiro, expediente anteriormente adotado apenas com os jogadores. E, nove meses depois, Nilmara se tornou a primeira mulher a obter o registro para a profissão.

"É mais um passo para mostrarmos que as mulheres podem chegar onde almejam. Fico feliz em ter tudo assinado, em carteira, registrado direitinho. É o meu sexto ano aqui no clube e isso serve para coroar o trabalho que todos nós estamos desenvolvendo", celebrou ela, em entrevista ao site da entidade.

Nilmara está no Manthiqueira desde 2012 e exerceu diversas funções no clube antes de se estabelecer como treinadora. Ela é conhecida, inclusive, como uma das primeiras mulheres técnicas de um time masculino no Brasil e voltou a exercer o cargo no time paulista nesta temporada.

"Nos outros anos, eu achava estranho. Éramos profissionais que estavam trabalhando e não tínhamos estabilidade através de contrato. Nos sentíamos um pouco rejeitados. E agora, com contrato assinado, mesmo sabendo que o trabalho no clube pode ser de curto prazo, temos uma estabilidade. Sentimos que a profissão passa a ter mais confiança", avaliou ela.

Veja Mais