Lula venceria em todos os cenários de 2º turno possíveis, diz pesquisa

Instituto fez combinações envolvendo Lula, Jair Bolsonaro (PSL), Marina Silva (Rede), Geraldo Alckmin (PSDB) e Ciro Gomes

20/08/2018 - 14:31 - Atualizado em 20/08/2018 - 14:31

Lula está preso em Curitiba desde abril por corrupção
e lavagem de dinheiro (Foto: Folhapress)

Mesmo preso e condenado no âmbito da Operação Lava Jato, o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT) lidera em todos os cenários de segundo turno testados. É o que mostra a pesquisa divulgada nesta segunda-feira (20) pelo instituto MDA em parceria com a Confederação Nacional do Transporte (CNT).

Para estes cenários, o Instituto MDA testou todas as combinações possíveis envolvendo apenas Lula, Jair Bolsonaro (PSL), Marina Silva (Rede), Geraldo Alckmin (PSDB) e Ciro Gomes (PDT). 

Num eventual segundo turno entre Lula e o candidato do PSL, Jair Bolsonaro, por exemplo, o petista registra 50,1% da preferência do eleitorado contra 26,4% do deputado federal. Nessa disputa, os brancos e nulos alcançariam 19,1% e os indecisos seriam 4,4%.

Contra a candidata da Rede Sustentabilidade, Marina Silva, Lula tem 49,8% e a ex-ministra do Meio Ambiente fica com 18,8%. Já numa disputa contra o candidato do PSDB, Geraldo Alckmin, Lula pontua 49,5% e o tucano registra 20,4%. 

O outro cenário no Lula também sai como vencedor é contra o candidato do PDT, Ciro Gomes. Num segundo turno entre os dois, o ex-presidente tem 49,4% e Ciro Gomes fica com 18,5%.

Sem Lula

Num cenário de segundo turno sem Lula, mas com Bolsonaro, o quadro é de empates técnicos. O candidato do PSL empata tanto com Marina Silva, como com Alckmin e Ciro Gomes. 

Quando Bolsonaro enfrenta Marina, por exemplo, ele atinge 29,3% contra 29,1% dela. 

Contra Alckmin, Bolsonaro tem 29,4% e o tucano fica com 26,4%. Já na disputa contra Ciro, Bolsonaro alcança 29,4% e o pedetista tem 28,2%.

Sem Lula e Bolsonaro

O instituto MDA também testou cenários de segundo turno sem Lula e Bolsonaro. Nestes casos, os resultados também apontam para empate técnico entre os candidatos possíveis. É o caso da disputa entre Marina Silva e Alckmin. 

Nessa disputa ela teria 26,7% e o tucano ficaria com 23,9%. Já em um segundo turno entre Ciro e Marina, ele teria 26,1% e ela alcançaria 25,2%. Há também empate na disputa entre Ciro e Alckmin. Neste caso, o candidato do PDT teria 25,3% e o tucano ficaria com 22%.

Rejeição

Os candidatos Jair Bolsonaro, Geraldo Alckmin e Marina Silva estão empatados tecnicamente em nível de rejeição, com 53,7%, 52,5% e 52,7% respectivamente. Depois, o candidato mais rejeitado é Henrique Meirelles, com 46,8%, seguido por Ciro Gomes, com 44,1%, e que está empatado tecnicamente com o ex-presidente Lula (41,9%). 

Alvaro Dias é o candidato com menor índice de rejeição (27,9%).

A pesquisa da CNT, em parceria com a MDA está registrada no TSE sob o número BR-09086/2018. Foram realizadas 2.002 entrevistas em 137 municípios de 25 unidades de federação entre os dias de 15 e 18 de agosto. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais, considerando o nível de confiança de 95%.

Veja Mais