BC contraria previsões e mantém Selic em 6,5% ao ano

Instituição mostrou preocupação com alta dos juros nos EUA e impacto no dólar

16/05/2018 - 18:20 - Atualizado em 16/05/2018 - 18:37

País tem muitas reservas em dólar e inflação baixa, mas BC prefere não ignorar alta do dólar (Foto: Divulgação)

O Comitê de Política Monetária (Copom) decidiu, nesta quarta-feira (16), por unanimidade, manter a taxa básica de juros, a Selic, em 6,50% ao ano. O Banco Central atribuiu sua decisão ao cenário externo muito instável, apesar da inflação baixa, que é sua meta, quando modifica a Selic. 

A manutenção contraria a expectativa da maioria do mercado financeiro. De um total de 55 instituições consultadas pelo Projeções Broadcast, do Estadão Conteúdo, 53 esperavam corte de 0,25 ponto percentual da Selic, para 6,25% ao ano, e apenas duas casas aguardavam manutenção da Selic em 6,50% ao ano. 

"O cenário externo tornou-se mais desafiador e apresentou volatilidade. A evolução dos riscos, em grande parte associados à normalização das taxas de juros em algumas economias avançadas, produziu ajustes nos mercados financeiros internacionais.  Como resultado, houve redução do apetite ao risco em relação a economias emergentes", afirmou o BC em comunicado. 

A Autoridade Monetária se referiu à alta dos juros nos Estados Unidos, consequência do crescimento da economia americana (antes os juros não subiam para estimular a expansão). POr ter os títulos públicos mais confiáveis do mundo, os EUA atraem capitais que estavam nos países emergentes, entre eles o Brasil. 

A Argentina é a que mais sofre, porque tem poucas reservas em dólares e corre o risco de ficar sem recursos para honrar seus compromissos internacionais, como pagar importações e dívidas externas. 

No Brasil, o impacto é direto na cotação do dólar. O BC tem muitas reservas - US$ 381 bilhões - mas, o País pode sofrer com pressão sobre a inflação, com alta nos combustíveis e trigo, principalmente. 

A próxima reunião do Copom está marcada para os dias 19 e 20 de junho de 2018.

Veja Mais