Aposentados e trabalhadores já podem contar com o dinheiro do PIS

Mais de R$ 13 bilhões estão à espera de seus beneficiários na Caixa e Banco do Brasil

19/02/2018 - 15:30 - Atualizado em 19/02/2018 - 15:47

Dinheiro extra faz parte do Programa de Integração Social do MTE (Foto: Reprodução/MTE)

Cerca de 6,87 milhões de pessoas com mais de 60 anos de idade, em todo o Brasil, ainda não sacaram na Caixa Econômica Federal o dinheiro relativo ao seu PIS (Programa de Integração Social). A soma dos valores não retirados chega a R$ 12,9 bilhões, que permanecem parados nos cofres do banco. Não há dados regionais.

Outras 2,2 milhões de pessoas já fizeram a retirada, sendo 678,8 mil cotistas (21,5% do total) no Estado de São Paulo. A quantia pra cada um varia de R$ 750,00 a R$ 40 mil. 

Para quem não sabe se tem direito a algo, a Caixa possui um serviço especial em seu site para informar quem está na lista de pagamento.

“Dinheiro extra é bem-vindo, principalmente para quitar dívida atrasada”, diz o diretor da Associação Nacional dos Executivos de Finanças (Anefac), Miguel Ribeiro de Oliveira.

O mesmo vale para quem atuou no serviço público e foi cadastrado no Pasep até 1988. Nesse caso, busque informações no Banco do Brasil, inclusive pelo site.

Confira mais detalhes:

>> Quem pode sacar

  • Tem direito às cotas do PIS/Pasep o trabalhador cadastrado no Fundo entre 1971 até 4 de outubro de 1988 e que ainda não sacou o saldo total da sua conta individual.
  • Podem fazer o saque, agora, homens e mulheres a partir de 60 anos. 
  • As demais regras não foram modificadas. Assim, aposentados, independentemente, da idade podem fazer o saque, por exemplo.

>> Consulta PIS

  • Para o PIS, a consulta pode ser feita por meio do site
  • Também é possível utilizar o autoatendimento, com Cartão do Cidadão, ou o internet banking para correntistas (opção Serviços ao Cidadão), além do Serviço de Atendimento ao Cliente, pelo 0800-7260207.

>> Consulta Pasep

  • Pelo site ou terminais de autoatendimento. 
  • O cotista ainda pode obter informações no telefone 4004-0001.

>> Herdeiros

  • Herdeiros poderão comparecer a qualquer agência da Caixa e do Banco do Brasil levando documento oficial de identificação e a comprovação da condição de herdeiro para realizar o saque.
  • A retirada do dinheiro poderá ser feita por representante com procuração particular, com firma reconhecida. 

>> Pagamento PIS

  • Os pagamentos das cotas com valor até R$ 1,5 mil podem ser realizados no autoatendimento apenas com a Senha Cidadão. 
  • Já com Cartão do Cidadão e Senha Cidadão, o saque pode ser feito nas lotéricas ou unidades do Caixa Aqui.
  • Os saques de valores até R$ 3 mil podem ser feitos no autoatendimento, lotéricas unidades do Caixa Aqui com Cartão do Cidadão e Senha do Cidadão. 
  • Os valores acima de R$ 3 mil devem ser sacados nas agências.
  • Em todos os casos, é preciso levar documento oficial com foto.

>> Pagamento Pasep

  • O saque pode ser feito nas agências do Banco do Brasil.
  • Pra quem tem saldo de cotas no valor de até R$ 2,5 mil, está disponível para transferência para outra instituição financeira, sem custos, pela internet ou pelos terminais de autoatendimento do banco.

Abono do PIS

Os trabalhadores que nasceram em março ou abril também terão um dinheiro extra, e já nos próximos dias: o saque do abono do PIS estará disponível a partir dessa quinta-feira (22).

O dinheiro já está liberado para os nascidos entre os meses de julho e fevereiro, exceto para os que ainda não tenham retirado o abono. E os aniversariantes de maio e junho receberão somente no próximo lote.

De acordo com a Caixa, mais de 16 mil pessoas ainda não foram buscar sua cota na Baixada Santista. Com isso, há R$ 9,8 milhões nos cofres do banco à espera de seus beneficiários.

No País, segundo o último levantamento da Caixa, há R$ 1 bilhão parado, de 1,6 milhão de trabalhadores.

Mas o benefício tem regras específicas para ser disponibilizado, e por referir-se ao calendário 2017/18, não inclui quem recebeu o abono após o mês de agosto de 2017. Os valores variam de R$ 80,00 a R$ 954,00.

Confira abaixo mais informações sobre quem tem direito ao abono e outras orientações:

  • Têm direito ao abono trabalhadores que estão cadastrados no PIS/Pasep há, pelo menos, cinco anos.
  • É preciso ainda ter recebido, em média, até dois salários-mínimos durante o ano-base (2016).
  • E ainda deve-se ter exercido atividade remunerada durante pelo menos 30 dias no mesmo período.
  • O valor do abono varia de R$ 80,00 a R$ 954,00, dependendo do tempo em que a pessoa trabalhou formalmente.
  • Para sacar, é necessário ter um Cartão do Cidadão e senha cadastrada. Então, basta aos terminais de autoatendimento da Caixa ou a uma casa lotérica. 
  • Caso o beneficiário não tenha o Cartão do Cidadão, pode se dirigir a qualquer agência do banco, apresentando documento de identificação. 
  • Informações sobre o PIS também podem ser obtidas pelo telefone 0800-7260207.

Veja Mais