Oficinas Querô recebe inscrições para curso de cinema até dia 18

Serão selecionados 40 jovens que, durante um ano, terão aulas cinco dias por semana

08/03/2018 - 11:48 - Atualizado em 08/03/2018 - 12:03

Começou a temporada de formação de novos talentos na produção de cinema da região. Até o próximo dia 18 (domingo), o projeto Oficinas Querô recebe inscrições para a sua turma inicial de audiovisual (saiba mais no site: http://institutoquero.org/).

Quarenta jovens serão selecionados. Durante um ano, eles contarão com aulas em cinco dias da semana, realizadas no Centro Universitário Monte Serrat (Unimonte). Lá, os jovens passarão por todas as etapas de uma produção audiovisual, atuando como roteiristas, diretores, cinegrafistas e outras funções do cinema, além de atividades de formação cidadã, humanismo e expressão verbal.

De acordo com os organizadores, aqueles que mais se destacarem no primeiro ano de curso têm a oportunidade de, no ano seguinte, ingressarem nas Oficinas Querô – Segundo Ano. Este tem foco no empreendedorismo e atividades voltadas à preparação ao mundo de trabalho audiovisual junto à equipe do Instituto Querô e à produtora Querô Filmes.

Para participar, o interessado precisa ter entre 14 e 18 anos, ser estudante da rede pública de ensino e comprovar a baixa renda familiar. “No fim do ano teremos uma sessão especial no Cine Roxy Gonzaga, com a presença dos patrocinadores, amigos e familiares desses jovens, onde exibiremos os filmes produzidos ao longo do ano. Serão dois curtas, mas ainda não sabemos se serão dois docs ou uma ficção e um documentário”, comenta a coordenadora geral das Oficinas Querô, Tammy Weiss.

Junto às aulas de capacitação, o projeto oferece aos jovens transporte gratuito, passeios e eventos culturais. As aulas começam em abril, de segunda a sexta, das 15 às 18h. 

Enquanto desenvolve mais uma turma na região, o projeto mantém seus outros braços em funcionamento. Tammy destaca a "Querô na Escola", na qual os jovens capacitados nas atividades dão aulas nas escolas públicas de audiovisual, realizando filmes de um minuto.

Outros dois que continuam em funcionamento em 2018 são a "Querô Comunidades" e a "Produtora Social". A primeira leva as atividades para áreas periféricas, realizando uma mobilização com os moradores que produzem um documentário. Já a produtora tem como objetivo abrigar os profissionais formados nos cursos.

O Instituto Querô fica na Avenida Ana Costa, 151, 4º andar, sala 42, Vila Mathias, telefone: 3233-7084.

Longa no forno

A coordenadora geral das Oficinas Querô ressalta que o longa-metragem "Sócrates", que está em fase de finalização, será lançado ainda este ano. “Ganhamos um ProAC (Programa de Ação Cultural) de finalização e conseguimos fazer algo muito bonito lá na 02 Filmes, com trilha sonora, mixagem, qualidade técnica maravilhosa. No momento, o filme está sendo inscrito nos festivais de cinema internacionais”. 

Em meio a tantos projetos, as Oficinas Querô ainda concluíram a montagem de uma sala de roteiristas. “Desenvolvemos conteúdos próprios, buscando uma produção autoral. A ideia é produzir longas, séries e curtas”.

Veja Mais