Na 60ª edição, Prêmio Jabuti anuncia novas categorias

Os candidatos têm até 28 de junho para se inscrever; finalistas serão anunciados em 8 de novembro

15/05/2018 - 13:54 - Atualizado em 16/05/2018 - 09:57

Estatuetas que são distribuídas aos primeiros colocados em cada categoria (Foto: divulgação)

O Prêmio Jabuti comemora 60 anos em 2018 e está com inscrições abertas desde ontem. Os candidatos podem se inscrever até 28 de junho (www.premio jabuti.com.br). Os finalistas de cada categoria serão anunciados pela Câmara Brasileira do Livro (CBL) e a premiação ocorrerá no dia 8 de novembro, às 19 horas, no Auditório do Ibirapuera, em São Paulo.

Para marcar esta sexagésima edição, a CBL anunciou, ontem, novidades no formato do Prêmio, que incluem categorias inéditas como Impressão, Economia Criativa e Formação de novos leitores (leia lista completa das categorias mais abaixo).

Além disso, os autores independentes também foram contemplados com as mudanças, com o anúncio de um valor de inscrição mais barato para quem não tem editora, e a possibilidade de entregar o livro em formato digital (PDF), com exceção de categorias técnicas.

Como ficam as categorias
As categorias do Prêmio Jabuti foram reorganizadas em quatro eixos: Literatura, Ensaios, Inovação e Livro, e qualificadas para que a premiação seja mais abrangente e, dentro desse processo, foi criado o eixo Ensaios, substituindo os gêneros específicos. 

O livro físico, como objeto, também passa a ser mais valorizado com as mudanças, pois um dos eixos, o Livro, agora é dedicado apenas a premiações que envolvem o produto físico, como Projeto Gráfico, Capa, Ilustração e Impressão, novidade que avaliará a qualidade do acabamento da obra. 

Para as categorias desse eixo, será necessária a entrega do livro físico. Para as demais, apenas em PDF.

Para prestigiar ainda mais os primeiros colocados de cada categoria, a partir de 2018 o Jabuti passa a ter somente um vencedor por categoria. E, por fim, haverá um grande vencedor (Livro do Ano), que poderá ser tanto de ficção quanto de não ficção. Concorrem ao Livro do Ano todas as obras vencedores das categorias dos eixos Ensaios e Literatura.

Maria Valéria Rezende deve inscrever o livro
de contos 'A Face Serena' (Foto: Folhapress)

Escritoras de Santos comemoraram as mudanças. Recentemente, Maria Valéria Rezende ganhou o Prêmio por dois anos consecutivos, na categoria Romance: em 1º lugar, na edição de 2016, com o livro "Quarenta Dias"; e 3º lugar em 2017, com "Outros Cantos". Este ano, ela deve ter outra obra inscrita no Jabuti: o livro de contos "A Face Serena", publicado pela editora Penalux, em dezembro de 2017. 

Para ela, o que mais a alegrou foi o Prêmio estar mais acessível aos escritores independentes e editoras pequenas. “Dessa forma, o Jabuti atrai a participação de mais editoras e incentiva o mercado editorial. Tenho muita coisa guardada, que estou enviando para as pequenas editoras. Foi o caso da "Face Serena", que confiei à Penalux”, diz a autora. 

Claudia Marczak coordena projeto de literatura
com crianças (Foto: divulgação)

Outra escritora, Claudia Marczak ficou animada com a categoria Fomento de novos leitores. Ela coordena o projeto Periscópio (www.operiscopio.com), que incentiva a leitura e escrita entre crianças de mais de dez países: “Valorizar a formação de novos leitores é fundamental. Temos uma profusão de novos autores e iniciativas que despertem as pessoas para a leitura são muito importantes”, considera.

Premiação maior
Além da estatueta, há os prêmios em dinheiro, que agora são maiores: R$ 100 mil ao Livro do Ano, que poderá ser de ficção ou de não-ficção (em 2017 eram dois valores de R$ 35 mil para cada uma dessas categorias); e R$ 5 mil (no ano passado era de R$ 3,5 mil) ao ganhador de cada categoria. Se houver mais de um autor, o prêmio é dividido.

Confira o novo formato do Prêmio Jabuti:

>>  Eixo Literatura: Romance, Poesia, Conto, Crônica, Infantil e Juvenil, Tradução e HQ.

>>  Eixo Ensaios: Biografia, Humanidades, Ciências, Artes e Economia Criativa.

>>  Eixo Livro: Projeto Gráfico, Capa, Ilustração e Impressão.

>>  Eixo Inovação: Formação de novos leitores e Livro Brasileiro Publicado no Exterior.

Valor das inscrições:

>>  R$ 285,00 para associados da CBL.

>>  R$ 327,00 para autor independente, ou seja, autor (Pessoa Física) que se autopublica e não está abrigado por nenhum selo de editora ou quaisquer Pessoas Jurídicas.

>>  R$ 370,00 para associados de entidades congêneres.

>>  R$ 430,00 para não associados.

>>  Em caso de coleção, os valores são: R$ 440,00 para associados da CBL; R$ 457,00 para autor independente; R$ 475,00 para associados de entidades congêneres; e R$ 515,00 para não associados.

Veja Mais