Morre o chorão Ayrton do Violão, aos 81 anos

Um dos músicos mais longevos da Cidade, pai da cantora Didi Gomes, ele fez parte dos Chorões Santistas

20/12/2017 - 11:37 - Atualizado em 20/12/2017 - 11:42

Ayrton ao lado da filha, a cantora Didi Gomes; ele faria 81 anos (Foto: Acervo pessoal)

O músico, cantor e compositor Ayrton Gomes, mais conhecido como Ayrton do Violão, morreu ontem, em Santos. Ele foi uma das figuras mais importantes da área cultural e musical da Baixada Santista. Em 1962, fundou o tradicional Grêmio Carnavalesco Cultural e Recreativo Chorões Santistas, um marco artístico da cidade de Santos. Ayrton completaria 81 anos nesta quarta-feira, dia 20.

É pai da cantora Didi Gomes, que começou a cantar aos 8 anos e sempre conviveu com os músicos e artistas por causa do pai. Didi se destaca pelo seu timbre de voz e, frequentemente, se apresentava junto com o pai.

Três mulheres tiveram peso definitivo na vida do cantor e compositor santista: a mãe (Edith Gomes), a mulher (Maria Madalena), ambas falecidas, e a única filha (Didi Gomes). Graças a elas, em momentos diferentes, Ayrton desenvolveu sua carreira.

Um dos músicos mais antigos da Cidade, o artista nunca teve planos de parar e ficava triste se não podia tirar melodias das cordas do violão para cantar música popular brasileira ou interpretar suas letras ("Aqui é Que Tem", "Vou Embora", "Sonho de Carnaval").

A história do grupo Chorões Santistas remete à mãe do músico, que promovia encontros musicais em sua casa na Avenida Conselheiro Nébias, em 1962. Admiradora do talento do jovem, Edith caprichava nos doces e salgados e chamava a vizinhança. Ela convidava ainda as filhas de suas amigas para irem às reuniões. Por trás do convite estava o desejo para que o filho gostasse de uma moça para casar. “Ela não conseguiu casá-lo, mas, sem querer, deu início aos Chorões Santistas, que nasceram no dia do aniversário meu pai”, relembrou Didi em matéria de 2013.

Em 1963, após muitos encontros caseiros, Ayrton e outros músicos botaram o bloco na avenida para desfilar no Carnaval.

Veja Mais