Morre Arthur Mitchell, primeiro bailarino estrela negro dos EUA

Ele tinha 84 anos; sua morte foi anunciada pela Dance Theatre de Harlem, que fundou em 1969

20/09/2018 - 11:39 - Atualizado em 20/09/2018 - 11:43

O bailarino atuou em 'Uma Casa de Flores', do escritor Truman Capote (Arquivo)

O nova-iorquino Arthur Mitchell, primeiro bailarino estrela negro dos Estados Unidos, morreu nesta quarta-feira (19) aos 84 anos, anunciou a Dance Theatre de Harlem, companhia que fundou em 1969.

Nascido e criado no Harlem, o bailarino se juntou ao Ballet de Nova Iorque em 1955 depois de ser visto no musical "Uma Casa de Flores", do escritor Truman Capote.

Em entrevista ao New York Times em janeiro, Arthur Mitchell lembrou várias reações hostis do público e inclusive comentários racistas quando teve o papel protagonista pela primeira vez na temporada de 1955-1956.

"Havia um homem calvo sentado logo atrás do diretor de orquestra", lembrou em uma entrevista à emissora local Fox5 em fevereiro. "Disse: 'meu Deus, tem um negro no elenco'".

Veja Mais