Kate Winslet e Idris Elba vivem história de amor arrebatadora

Baseado em livro de Charles Martin, "Depois daquela Montanha" continua em cartaz em Santos

09/11/2017 - 11:09 - Atualizado em 09/11/2017 - 11:43

Kate e Idris vivem a fotojornalista Alex e o médico cirurgião Ben (Foto: Divulgação)

Eu sempre gostei da atuação de Kate Winslet. Vê-la nos créditos de um filme, para mim, é o suficiente para me convencer a pagar pelo ingresso no cinema. Desde "Titanic", que está completando 20 anos de lançamento, Kate empresta força, sutileza e complexidade às suas personagens. 

Ela parece compreender e traduzir a alma feminina como poucas atrizes de Hollywood, resultando em personagens inesquecíveis como a romântica Sarah Pierce, de "Pecados Íntimos" (2006); a dona de casa April Wheeler, de "Foi Apenas um Sonho" (2008); e a misteriosa Hanna Schmitz, de "O Leitor" (2009), entre outras. 

Kate repete a façanha no novo longa "Depois daquela Montanha", que estreou na semana passada e continua em cartaz em Santos, no Cinespaço (Miramar Shopping) e no Cine Roxy 4, no Pátio Iporanga Shopping. 

Dirigido pelo cineasta israelense Hany Abu-Assad (o mesmo de "Paradise Now", de 2005; "Omar", de 2013; e "O Ídolo", 2015), o filme é baseado no romance "The Mountain Bethween Us" ("Uma Montanha entre Nós"), de 2010, escrito por Charles Martin. 

Com roteiro assinado por J. Mills Goodloe (de "A Incrível História de Adaline", 2015), e Chris Weitz ("Rogue One", 2016), a produção mistura drama, aventura e romance envolvendo duas personagens: a fotojornalista Alex Martin (Kate Winslet) e o médico cirurgião Ben Bass (Idris Elba). E tem um terceiro elemento: um labrador retriever, que será muito importante na trama.

Um cão da raça labrador retrevier tem papel
importante na trama (Foto: Divulgação

É uma história de amor diferente e arrebatadora. Uma mulher e um homem (ah, e um cão) são colocados numa situação-limite e num lugar inóspito. Eles possuem duas chances: lutar contra a má sorte e sobreviver ou morrer.

Alex e Ben se conhecem no saguão do aeroporto de Bois, em Idaho, e precisam voar para Denver. Ela, porque vai se casar com Mark (Dermont Mulroney, que está irreconhecível) no dia seguinte. Ele, porque tem de operar um paciente de 10 anos de idade.

É inverno e, ao saber que o voo foi cancelado por causa de um alerta de tempestade, Alex decide alugar um avião e convida Ben para rachar a despesa. Ele topa. 

Juntos, sobem num pequeno avião tendo como tripulantes um veterano da Guerra do Vietnã, o velho e simpático Walter (Beau Bridges) e seu cão. 

Calado, Ben fica incomodado com as perguntas de Alex, que tenta quebrar o gelo. Mas, com o perdão do trocadilho, os dois entram numa fria muito maior quando o piloto tem um mal súbito e o avião cai no alto de uma montanha nevada na região de Utah (a cena é espetacular e foi rodada em Vancouver, Canadá).

Alex, Ben e o cão sobrevivem. Com pouco suprimento, terão de optar em aguardar resgate ou buscar ajuda. Ao deixar a carcaça do avião, o trio parte para uma jornada muito maior do que imaginava, envolvendo experiências de quase morte e arrebatamento. Como num renascimento, descobrem uma força que não sabiam ter e dão vazão a sentimentos selvagens, normalmente disfarçados pelas convenções sociais. Destaque também para a atuação de Idris Elba, que está em cartaz com outro longa, a superprodução "Thor – Ragnarok".

Veja Mais