Fã conta como foi maratona épica na Comic Con Experience

Victoria Amaral é publicitária e esteve nos quatro dias da maior feira geek do Brasil, em São Paulo

16/12/2017 - 16:37 - Atualizado em 16/12/2017 - 16:59

Victoria Amaral posa ao lado de um cosplayer como Rei da Noite, de GoT (Foto: Victoria Amaral)

“Vai ser épico!”. Esta frase ecoou na mente de toda a comunidade nerd do Brasil desde dezembro de 2016, quando a terceira edição do maior evento de cultura pop do País deixou muita gente ansiosa para o que estava por vir em 2017. 

A Comic Con Experience (CCXP) 2017 ocorreu nos últimos dias 7, 8, 9 e 10, no São Paulo Expo, na Capital. Diferentemente das edições anteriores, este ano fui nos quatro dias de evento, para aquela que seria uma épica maratona de quadrinhos, séries e filmes, que pude acompanhar não apenas com os olhos, mas também com o coração.

Quando comprei os ingressos para todos os dias, imaginei que a quinta e a sexta-feira seriam os dias mais tranquilos. De fato foram, pois sábado e domingo estavam tão lotados que mal conseguíamos caminhar pela feira. Porém, em todos os dias havia muita gente atrás de seus ídolos. Mesmo com tanta gente em trânsito, consegui encontrar as minhas amigas Kátia e Mel, para se aventurarem comigo e meu namorado Felipe.

Interação

A feira estava grandiosa, com direito a super-heróis, guerreiros, alienígenas, bruxos, dinossauros e até dragões. Os estandes trouxeram uma diversidade empolgante de interação com os fãs. A Warner Bros, por exemplo, caprichou nos desafios e contou até com uma parede de escalada para divulgar o filme "Tomb Raider" (estreia 16 de março de 2018), além de também trazer a atriz Alicia Vikander (Lara Croft) para um bate-papo.

No mesmo estande, os personagens da "Liga da Justiça" fizeram sucesso. Todos queriam uma foto com o tridente do Acquaman ou com o escudo da Mulher Maravilha. Era permitido até flutuar com a Super Girl ou fazer uma foto com a terrível boneca Annabelle.

Outros estandes também estavam inspirados, como o da HBO, que nos levou até Westeros através do crânio de um dragão, para ajudar na batalha contra os White Walkers em um jogo divertido, ou com a foto 360 na grande muralha. A recompensa pela ajuda era sentar no tão disputado trono de ferro de "Game of Thrones".

O mundo de magia e bruxaria de Hogwards também não poderia faltar. Além da loja em formato de castelo que trazia várias recordações especiais, havia uma quadra de quadribol com vassouras e tudo o mais, para que pudéssemos fazer parte da história. 

Os cosplays reinaram na CCXP. Alguns eram tão perfeitos que pareciam ter saído direto de suas histórias só para fotos e abraços com os fãs. Grandes nomes da cultura brasileira também compareceram, como o renomado autor da Turma da Mônica, Maurício de Sousa e a atriz homenageada do ano, Fernanda Montenegro.

Mas quem roubou a cena foi o ator Will Smith, que com seu carisma e simpatia levou a CCXP 2017 à loucura. Ele veio para a divulgação do longa produzido pela Netflix, "Bright".

A experiência realmente foi épica, atendendo às expectativas. Mesmo as filas quilométricas com uma, duas e até cinco horas de espera, além dos pés cansados e doloridos de tanto caminhar por aquela imensi-dão, não ofuscaram a satisfação e o prazer de ter presenciado algo tão emocionante. Já estou no aguardo para a edição de 2018. 


ver galeria
1/7
Fonte: Victoria Amaral Colaboração
Veja Mais