Exposições celebram a Copa, seus personagens e sua história

Mostras podem ser vistas no Ginásio do Sesc Santos, no Memorial das Conquistas e no Pátio Iporanga

23/06/2018 - 11:25 - Atualizado em 23/06/2018 - 11:43

Vista do interior da estrutura que lembra uma bola e público assistindo ao jogo (Foto: Nirley Sena/AT)

Na Copa do Mundo de 2002, os gols do Brasil contra a Bélgica foram bastante comemorados por 48 presos de uma cadeia de Sumatra, na Indonésia. Eles aproveitaram a distração de 12 guardas e carcereiros, que estavam hipnotizados pelo jogo, apanharam as chaves das celas e conseguiram escapar. Esta e outras histórias fazem parte da exposição "Copas e Contos", que está em cartaz no Ginásio do Sesc Santos, até dia 15 de julho, de graça. 

A mostra é uma entre outras iniciativas, na Cidade, que abordam a Copa e o futebol para além de um evento esportivo, revelando o contexto cultural de cada época e país, e que tem tudo a ver com arte. 

É o caso, também, das exposições "Copa Caricartoon 2018", no Pátio Iporanga Shopping, no Gonzaga, e "Quando uma Bola Vira Arte", do projeto Ball.Art, no Memorial das Conquistas “Milton Teixeira”, na Vila Belmiro (leia mais abaixo).

No Ginásio do Sesc, chama a atenção a expografia criada pelo cenógrafo André Cañada, que montou estruturas como uma espécie de iglu em formato de meia bola de futebol, no centro da quadra, na qual o visitante entra para ler as curiosidades sobre as Copas, ilustradas por Lauro Freire. 

As histórias foram selecionadas da obra "O Livro dos Curiosos – Copas", do jornalista Marcelo Duarte, que colaborou com a exposição no Sesc, inclusive emprestando itens de sua coleção de raridades de Copa, como álbuns de figurinhas dos anos 1930 e 40 e camisas oficiais – que estão expostas em caixas de acrílico.

Jovens assistem a vídeos com depoimentos sobre as Copas (Foto: Nirley Sena/AT)

Outra estrutura projetada por Cañada foi uma instalação feita com vários monitores de TV, tubos de neon e fones de ouvido, com conteúdo interativo sobre Copas e países. 

Um desses monitores exibe quase uma centena de entrevistas feitas com personalidades e populares de Santos, falando sobre a Copa de suas vidas. A pesquisa foi feita pelo jornalista e editor de vídeo Claudio Vitor Vaz. 

Idealizador da exposição, o gerente de programação do Sesc Santos, Luiz Ernesto Figueiredo, o Neto, quis ir além da exibição dos jogos no telão de 8x3m, e trazer um conteúdo que acrescentasse algo à formação do público que frequenta a unidade. “Como nossa missão é formar e instrumentalizar as pessoas, resolvemos explorar todo o universo cultural em torno das Copas”, disse ele, que convidou Marcelo Duarte para colaborar com a pesquisa. 

Entre os destaques da programação deste fim de semana está o Pebolim Humano Inflável, uma versão gigante do pebolim de mesa, em que jogam até 12 pessoas, entre jovens e adultos. É hoje e amanhã, das 15 às 18 horas. 

Tem, também, o Cine Copa, com exibição de filmes sobre o tema, no telão do Ginásio. Os próximos são: "O Ano em que Meus Pais Saíram de Férias" (2006), dia 29; "Um Time Show de Bola" (animação, 2013), dia 6/7; e "Pelé Eterno" (2004), dia 13/7, sempre às sextas, às 19h30.

Entre os dias 30 e 14/7, aos sábados, das 15 às 17h, o jornalista Alessandro Atanes vai falar sobre a relação do universo dramático do futebol com a literatura grega. O Sesc Santos fica na Rua Conselheiro Ribas, 136, Aparecida. Veja programação completa AQUI.

Mais duas exposições

As homenagens ao futebol continuam em mais duas exposições em Santos: "Quando uma Bola Vira Arte", que faz parte do projeto Ball.Art (que já teve outras edições), no Memorial das Conquistas do Santos Futebol Clube, e "Copa Caricartoon 2018", no Shopping Pátio Iporanga. 

Bola com caricatura de David Braz, feita por Alex Ponciano (Foto: Nirley Sena/AT)

O projeto Ball.Art tem comprometimento social: as 90 bolas que foram customizadas por arquitetos, designers, ilustradores e cartunistas serão leiloadas e uma parte da verba, destinada a ONGs que têm como objetivo o desenvolvimento esportivo e social de crianças em situação de vulnerabilidade social. 

O lançamento ocorreu no dia 14, com a presença de diversos craques homenageados nas customizações: Deivid de Souza, que autografou uma bola dourada e prateada, de autoria de Adriana Paiva; David Braz, com a bola que recebeu o título de "Um Guerreiro, Braz-sileiro", customizada por Mariana Yamauti, com caricaturas de Alex Ponciano; e o próprio Santos FC, com a obra "Peixe Bola", de Daia Melques, formada por uma bola com arames e cordas formando um peixe (símbolo do Santos) e outra coberta de conchinhas do mar. 

Com curadoria de Alvaro Guillermo e Meire Vibiano, e realização da Vila Cultural, a exposição no Memorial das Conquistas pode ser vista até 1º de julho. Saiba mais em www.bal.art.br.

O Memorial fica na Rua Princesa Isabel, s/nº, no estádio Urbano Caldeira, Vila Belmiro. A visita monitorada completa custa R$ 15,00 e R$ 7,50. A visita simples (apenas o museu) custa R$ 8,00 e R$ 4,00. Crianças até 6 anos têm entrada gratuita (obrigatória a apresentação de documento).

Tamanho real

"Copa Caricartoon 2018" reúne 11 caricaturas de atletas de todos os países que fazem parte desta edição do Mundial. Feitas em tamanho real, as imagens foram realizadas pelos artistas do Caricartoon Eventos. 

A ideia é que os visitantes posem e façam selfies ao lado de seus ídolos caricaturados. A mostra poderá ser visitada até 15 de julho, no 1º piso do shopping. O Shopping Pátio Iporanga fica na Avenida Ana Costa, 465, Gonzaga, e funciona das 10h às 22h (horário normal). A entrada é franca. 


ver galeria
1/9

LEIA MAIS

<