Espaço acadêmico tem novo nome em homenagem a Gilberto Mendes

Centro de Atividades Integradas (Cais) oferece diversos cursos artísticos de graça

22/01/2017 - 15:30 - Atualizado em 22/01/2017 - 15:30

 

Maestro que criou o Festival Música Nova de Santos 
(Foto: Fernanda Luz/A Tribuna)

O compositor, regente orquestral, professor e jornalista Gilberto Mendes (1922 - 2016), um dos mais ilustres santistas nas áreas da cultura e música de vanguarda, passa a dar nome ao bloco C do Centro de Atividades Integradas (Cais) Professor Milton Teixeira (Av. Rangel Pestana, 150), em Santos. 

No local, são dados os cursos artísticos gratuitos oferecidos pelo programa Fábrica Cultural, da Secretaria Municipal de Cultura, que atendem 3,7 mil alunos, das mais variadas faixas etárias, em 33 modalidades nas áreas de música, dança, artes cênicas e artes visuais.

A denominação Espaço Cultural Maestro Gilberto Mendes consta do Decreto n 7.658, publicado na edição de sexta-feira do Diário Oficial de Santos. O castelinho, como é carinhosamente conhecido o local, também recebe atividades de extensão.

O projeto Sexta com Arte, por exemplo, promove mensalmente encontros abertos, com concertos didáticos para alunos e interessados em conhecer profissionais que atuam em variados segmentos artísticos.

Gilberto Ambrosio Garcia Mendes nasceu em Santos, em 13 de outubro de 1922. Iniciou estudos de música aos 18 anos, no Conservatório Musical de Santos. Professor universitário, conferencista, em 1962 fundou o Festival Música Nova de Santos, o mais antigo em seu gênero em toda a América. O maestro morreu em 1º de janeiro de 2016, aos 93 anos. 

Veja Mais