Dona Ivone Lara morre aos 97 anos

Sambista estava internada no Rio de Janeiro em estado grave

17/04/2018 - 01:00 - Atualizado em 17/04/2018 - 08:17

Mulher, sambista e negra, ela teve de enfrentar preconceito pra seguir na carreira (Foto: Reprodução)

A cantora Dona Ivone Lara, 97 anos, morreu na noite desta segunda-feira (16), no Rio de Janeiro. Segundo o portal G1, o motivo foi insuficiência cardiorrespiratória. Ela estava internada desde sexta-feira (13), quando fez aniversário, no Centro de Tratamento e Terapia Intensiva (CTI) da Coordenação de Emergência Regional (CER), no Leblon.

Dona Ivone Lara vinha apresentando um quadro de anemia e precisou receber doações de sangue. Seu estado de saúde já era bastante grave. Ela deu entrada na unidade por causa de uma uma infecção renal, com complicações causadas pela idade. 

Considerada a “Rainha do samba”, a cantora nasceu em família de amantes da música popular e enfrentou o preconceito por ser mulher e sambista. Seu maior sucesso é “Sonho meu”, música que estourou nas paradas de sucesso com Maria Bethania e Gal Costa.

Veja Mais