Dois espetáculos nordestinos se destacam no Mirada

"A Invenção do Nordeste", de Natal, e "O Circo de Soleinildo" fazem parte da programação

12/09/2018 - 10:16 - Atualizado em 12/09/2018 - 10:31

Cena da peça "A Invenção do Nordeste" (José Tellys Fagundes/Divulgação)

Brasil, Paraguai, Peru e Uruguai se encontram, nesta quarta-feira (12), nos palcos do 5º Mirada – Festival Ibero-Americano de Artes Cênicas, realizado em Santos, com extensão para as demais cidades da Baixada Santista. 

Entre os destaques estão duas montagens nordestinas: "A Invenção do Nordeste", do Grupo Carmin, de Natal; e "O Circo de Soleinildo", da Cia Operakata de Teatro, da Bahia. 

Na criação mais recente do Grupo Carmin, do Rio Grande do Norte, dois atores potiguares se preparam para um teste, disputando um papel nordestino numa série de televisão. 

Com direção de Quitéria Kelly e dramaturgia de Henrique Fontes e Pablo Capistrano, a narrativa ficcional é baseada no livro "A Invenção do Nordeste" e "Outras Artes", do historiador Durval Muniz de Albuquerque Jr., que coloca em xeque diversas imagens estereotipadas da região nordestina. Serão duas apresentações, nesta quarta e na quinta-feira (13), na Casa Rosada da Sabesp (veja programação abaixo). Os ingressos custam de R$ 15,00 a R$ 50,00, à venda na Central de Atendimento do Sesc Santos (3278-9800) e no site sescsp.org/mirada.

A montagem baiana "Circo de Soleinildo" é realizada ao ar livre, e mostra que por detrás da aparente escassez das trupes mambembes, existe a riqueza de uma história que passa pela Commedia Dell’Arte, pelos artistas de rua da Idade Média e pelos clowns que influenciaram grandes criadores, de Chaplin a Federico Fellini. 

Trata-se de uma peça de resistência, um tributo à ingenuidade do circo tradicional nos tempos tecnológicos de hoje. O espetáculo tem cenografia, direção e dramaturgia de Gilsergio Botelho, e será apresentado, quarta (12), em Peruíbe; quinta (13), em Santos; sexta-feira (14), em Guarujá; e sábado (15), em São Vicente. A entrada é franca.

Debates

Além dos espetáculos, o Mirada promove encontros para discutir temas ligados ao universo das artes cênicas, com mesas redondas sempre a partir das 11 horas, no Ponto de Encontro, na Área de Convivência do Sesc Santos. 

A mesa desta quarta (12) gira em torno do tema Curadoria: Relatos de Resistência e Invenção, com curadores nacionais e internacionais, representantes de festivais de teatro de diversas regiões e países. Falam sobre o pensamento, a pesquisa e o olhar envolvidos na curadoria de festivais de artes cênicas, em vários contextos. 

No encontro de quinta (13), o tema é "Autoficções em Cena", que discute sobre o gênero no qual a autobiografia e a ficção se mesclam. O debate partirá do ponto de vista do teatro com o ator, diretor e dramaturgo Henrique Fontes, de "A invenção do Nordeste"; o ator, diretor e dramaturgo Nelson Baskerville, de "A Vida"; e o diretor e dramaturgo uruguaio Sergio Blanco, de "El Bramido de Düsseldorf". 


A peça "O Circo de Soleinildo" será apresentada em Peruíbe, Guarujá, Santos e São Vicente (Vicente Gil/Divulgação)

Veja programação para esta quarta-feira (12):

18h – Lítost. La Frustación (Uruguai). Arcos do Valongo. 16 anos. 

18h – O Circo de Soleinildo (Brasil). Peruíbe. Com reapresentações quinta, 17h, no Sesc Santos (Área de Convivência); sexta-feira, 18h, em Guarujá; e sábado, 18h, São Vicente. 

19h – Ñaña> (Peru). Cadeia Velha. 14 anos. Com reapresentação quinta, no mesmo horário e local. 

19h – Odisseia (Brasil). Doca Valongo. 18 anos. 

19h – A Invenção do Nordeste (Brasil). Casa Rosada (Sabesp). 14 anos.

21h – Cine Splendid (Paraguai). Theatro Guarany. Reapresentação quinta, no mesmo horário. 12 anos.

Endereços: 

Arcos do Valongo (Rua Comendador Neto, 3, Centro, santos); Casa Rosada (Alameda Doutor Adriano Neiva da Mota e Silva, 45, José Menino); Doca Valongo (Rua Tuiuti, 26, Centro Histórico); Guarujá (Praça dos Expedicionários): Museu Histórico Fortaleza da Barra Grande); Peruíbe (Praça Matriz São Jorge Batista); São Vicente (Praça Tom Jobim); Sesc Santos (Rua Conselheiro Ribas, 136, Aparecida).

Veja Mais